sexta-feira, 31/01/2003
Últimas Notícias

Projeto Monitor será lançado este ano nas escolas estaduais com sala ambiente de informática

Neste ano a Secretaria Estadual da Educação estará desenvolvendo o projeto Monitor nas Diretorias de Ensino do Estado de São Paulo através do Núcleo Regional de Tecnologia Educacional (NRTE). O projeto é direcionado aos alunos do Ensino Fundamental (5ª a 8ª série) e Ensino Médio que serão capacitados para aprender a mexer com toda a […]

Neste ano a Secretaria Estadual da Educação estará desenvolvendo o projeto Monitor nas Diretorias de Ensino do Estado de São Paulo através do Núcleo Regional de Tecnologia Educacional (NRTE). O projeto é direcionado aos alunos do Ensino Fundamental (5ª a 8ª série) e Ensino Médio que serão capacitados para aprender a mexer com toda a estrutura que envolve a parte técnica de um computador (hardware e rede) e com softwares educacionais.

Das 77 escolas estaduais jurisdicionadas à Diretoria de Ensino da Região de Santos (DERS), que abrange também as cidades de Guarujá, Bertioga e Cubatão, estarão envolvidas no projeto 42 unidades que já possuem Sala Ambiente de Informática (SAI).

De acordo com o coordenador do Núcleo da Região de Santos, Marcos Dias, alguns alunos serão selecionados pelas escolas para serem capacitados e se tornarem monitores. Dessa forma, de acordo com Marcos, eles poderão atuar diretamente na unidade escolar como orientadores de professores e alunos.

Os cursos serão coordenados pelo NRTE, instalado nas dependências das Diretorias de Ensino com o objetivo de apoiar o processo de introdução da tecnologia nas escolas públicas e preparar professores do Ensino Fundamental (5ª a 8ª) e Ensino Médio. Através do NRTE, os professores contam com possibilidades de acesso a Internet, disponibilidade de softwares educacionais e apoio técnico-pedagógico.

Contemplação: A partir deste ano a Diretoria de Ensino da Região de São Vicente também contará com um NRTE, que está sendo montado nas dependências do órgão e atenderá cerca de 75 escolas regulares. Segundo a dirigente, Oneide Ferraz Alves, o Núcleo é um presente muito importante porque dará suporte aos alunos e professores das escolas estaduais de São Vicente, Praia Grande, Itanhaém, Mongaguá e Peruíbe.

Em 2000 a Secretaria Estadual da Educação também iniciou outro projeto chamado PEC (Programa de Educação Continuada)- Informática para professores da rede estadual, que terá continuidade este ano. O programa disponibiliza cursos de informática básica (Windows, Word, Excel e PowerPoint), softwares educacionais, programa Educação para o Futuro da Intel e Internet aplicada à Educação. A Secretaria disponibiliza ainda recursos para ajudar nas despesas dos professores que fazem o curso. Somente na DERS já foram capacitados aproximadamente 2.400 professores desde o início do programa, há três anos.

Em setembro do ano passado, a Secretaria Estadual da Educação lançou também o projeto Inclusão Digital do Professor. Integrante ao PEC Informática, este projeto oferece uma ampla capacitação aos professores por meio de cursos presenciais e on-line. Para atender professores que ainda não possuem computador, a Secretaria está subsidiando a compra destes equipamentos aos cerca de 63 mil educadores efetivos inscritos da rede estadual de ensino. O subsídio é de R$ 900,00 e corresponde a cerca de 50% do valor de um computador formatado com as configurações determinadas no projeto.

De 1997 a 2002 foram investidos cerca de R$ 143 milhões em todo o Estado na compra de equipamentos, mobiliário, demais instalações, softwares básicos e educacionais e capacitação de professores.