quarta-feira, 19/06/2019
Boas Práticas

Projetos, campanhas e horta comunitária: como o mês do meio-ambiente mudou rotina de escola em Osasco

Estudantes criaram grupo de estudos, visitaram audiências públicas e irão visitar estações de tratamento de esgoto

Todo dia é dia de cuidar do meio-ambiente e da própria saúde. É esse o espírito que a Escola Estadual Armando Gaban, em Osasco, vem colocando com uma série de atividades práticas e teóricas ao longo do mês. Tudo com a participação dos estudantes, que formaram um grupo de representação para criar políticas de apoio para as práticas.

O primeiro resultado foi a campanha “Água – Economizar para não Faltar”, que terá como foco a importância da coleta seletiva e do tratamento de esgoto para a comunidade. “Queremos mostrar como é importante canalizar a água e reciclar resíduos sólidos. Além disso, iremos montar um plano de ação para o Córrego Carapanãs, com a construção de um Parque Linear ao redor dele”, explica o professor de história e geografia José Sebastião Rodrigues, que apoia os alunos nesse projeto.

O primeiro plano de ação foi o contato com a Sabesp para a realização de um ciclo de palestras na escola, além de uma visita monitorada na Estação de Tratamento de Esgoto de Barueri, a ETE. Outro ponto foi a realização de uma campanha de coleta seletiva na comunidade. “Coletamos cerca de 1500 quilos de material reciclado e 210 Litros de óleo de cozinha usado para encaminhar nas estações daqui”, pontua Daniely, uma das alunas do Grêmio Estudantil. 

Outra ação realizada foi uma parceria firmada com Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Osasco (SEMA). Dois educadores realizaram palestras na escola, incluindo a implantação de nova Horta Comunitária e de uma área de Jardinagem na região. “Ações como essa são fundamentais para estimular as hortas nas escolas e promover um senso de comunidade no entorno”, pontua Filipe Sabará, presidente do Fundo Social de Solidariedade.

Junho vem sendo um mês movimentado na escola. Os estudantes foram na Abertura da Semana do Meio Ambiente no Parque Municipal do Jardim das Flores e na quarta-feira (19), irão realizar um trabalho de campo na Estação de Tratamento de Esgoto de São Bernardo do Campo. 

Para os estudantes, tudo acrescenta. “Essas ações são muito legais, porque aprendemos muito e absorvemos informações de vários lugares”, pondera o aluno do Ensino Médio Gabriel Frota. A Escola Estadual Armando Gaban tem mais de 40 anos e é reconhecida pela comunidade por sua forte ação na comunidade.