segunda-feira, 19/05/2014
Professores e Funcionários

Conheça os projetos finalistas da Educação na 10ª edição do Prêmio Mario Covas

Premiação reconhece a criatividade e dedicação de quem aprimora a qualidade dos serviços públicos

A cerimônia de entrega do 10º Prêmio Mario Covas acontece no dia 30 de junho. O evento, que tem como objetivo reconhecer a criatividade e a dedicação daqueles que aprimoram a qualidade dos serviços públicos e elevam o bem-estar dos cidadãos, conta com quatro iniciativas finalistas da Secretaria da Educação.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Na categoria Melhoria do Gasto Público, concorre o projeto Informatização do Arquivo Morto, da E.E. Dona Idalina Costa Sodré, localizada em São Caetano do Sul. A iniciativa, criada por três professoras que trabalham na secretaria da unidade, foi responsável por digitalizar documentos de 32 mil alunos.

“Levamos mais de um ano para realizar esse trabalho. Hoje, por meio do sistema informatizado, basta apenas digitar o registro do aluno para encontrar documentos que antes tínhamos dificuldades para localizar. Isso poupa trabalho, agiliza o processo e facilita o atendimento ao público”, afirma a diretora da escola, Andreia Aparecida Casanova Lozano. “Estamos ansiosas em participar. Ter a possibilidade de ver nosso trabalho ser reconhecido é muito importante para nós”, revela.

Já na categoria Inovação em Gestão Estadual, concorre a iniciativa Interatividade na Intranet Espaço do Servidor. O serviço, voltado exclusivamente para servidores da Educação tem notícias, informações e comunicados da Secretaria. A intranet também conta com um espaço voltado para disponibilizar materiais que facilitem a vida do servidor, como processos administrativos, tutoriais e manuais.

Outro projeto que também concorre na categoria Inovação em Gestão Estadual é o curso da Secretaria da Educação em parceria com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil da Secretaria da Casa Militar, A Aventura. O jogo virtual ensina os estudantes da rede estadual a prevenir acidentes domésticos. O curso gratuito é disponibilizado em uma plataforma na internet acessível de qualquer computador. 

Ainda na categoria Gestão Estadual, concorre o Programa de Prevenção Corpo de Bombeiros nas Escolas, parceria entre a Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Professores (EFAP) e o Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo. O principal objetivo da ação é fornecer orientações sobre os procedimentos básicos a serem tomados em caso de emergência, contribuindo para a prevenção de incêndios no ambiente escolar. Cerca de 6.500 profissionais já participaram da formação, entre 2012 e 2013. Para este ano, os cursistas contarão com um game educativo.

Para saber mais, acesse a intranet da Educação

*Atualizada em 19/5, às 11h16