quarta-feira, 22/07/2015
Pais e Alunos

Se preparando para o vestibular? Alunos criam novas maneiras de estudar

Eles transformaram obras literárias em fotonovelas

Leitura de obras literárias é uma tarefa indispensável aos estudantes do Ensino Médio que desejam ingressar numa universidade. As listas de livros obrigatórios para o vestibular costumam ser extensas e podem somar pontos que fazem toda a diferença na hora de garantir uma vaga na faculdade.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Pensando nisso, os alunos da escola E.E. Senador Filinto Müller, localizada em Diadema, usaram a criatividade para encarar esse desafio. Existem várias formas de contar uma história e, entre tantas opções, a professora Valéria Damas, criadora do projeto, orientou que eles transformassem as inúmeras páginas dos livros em fotonovela.

Com o objetivo de reinventar a narrativa, alunos se transformaram em personagens de diversas obras literárias. Desta maneira, ficou muito mais fácil e divertido de compreender os textos para o vestibular.

“Dessa forma, os alunos têm a oportunidade  de conhecer realmente as obras que serão citadas no vestibular de uma forma diferente. Geralmente os alunos realizam a leitura dos livros e se preparam para as possíveis questões do vestibular. Mas, quando você pega uma obra e faz a sua própria releitura, tudo se torna mais interessante”, explica a professora de literatura Wanessa Santana.

Cerca de 200 estudantes, divididos em cinco turmas, escolheram obras como  Vidas Secas, de Graciliano Ramos, O Cortiço, de Aluísio de Azevedo, As Cidades e as Serras, de Eça de Queirós, Viagens na Minha Terra, de Almeida Garrett, Memórias Póstumas, de Machado de Assis e TIL, de José de Alencar.

“A atividade consiste primeiro na leitura e interpretação das obras e no segundo momento ocorre a integração entre alunos e professores. A escola inteira participa da criação da fotonovela”, explica Wanessa Santana.

Durante 10 dias, todos os espaços da unidade escolar se transformaram em estúdios fotográficos. Os alunos levaram os figurinos de cada personagem e se caracterizaram durante a aula para a imersão da narração. “Cedemos até a sala da diretoria para os alunos. O local foi utilizado como escritório para a realização das fotos”, conta a professora.

Depois do processo fotográfico, os alunos iniciam a edição da fotonovela, que será publicada em cinco revistas. O lançamento está previsto para ocorrer em agosto durante uma apresentação na própria escola.

“É muito gratificante acompanhar esse processo com os alunos. Como eles acompanham os trabalhos de outros colegas, acabam estudando todas as obras literárias”, finaliza Wanessa Santana.