segunda-feira, 31/05/2010
Concursos

Secretaria da Educação lança nesta segunda-feira o concurso “Escola Faz Samba”

Com o tema “Leitura também dá samba”, a iniciativa tem o intuito de difundir a cultura afro-brasileira por meio da produção de sambas-enredo; Podem participar alunos do 3º ano do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da rede estadual de ensino das escolas que se inscreverem no concurso até o dia […]

Com o tema “Leitura também dá samba”, a iniciativa tem o intuito de difundir a cultura afro-brasileira por meio da produção de sambas-enredo;

Podem participar alunos do 3º ano do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da rede estadual de ensino das escolas que se inscreverem no concurso até o dia 30 de junho

 “Leitura também dá samba”. É o que pretende comprovar o concurso “Escola faz Samba”, que será lançado nesta segunda-feira (31/05) por meio de uma parceria entre a Secretaria de Estado da Educação e a Afrobras – Faculdade Zumbi dos Palmares. A cerimônia de lançamento será realizada na sede da faculdade (av. Santos Dumont, 843, Armênia), a partir das 15h.

Com o objetivo de difundir a cultura afro-brasileira em todas as suas expressões e possibilitar a interpretação coerente de diferentes tipos de leitura, o concurso prevê a produção de uma letra de um samba-enredo com o tema “Leitura também dá samba” por alunos do Ensino Médio e da EJA (Educação de Jovens e Adultos) da rede estadual de ensino.

A participação dos estudantes é condicionada à adesão das escolas da rede estadual na capital, na Grande São Paulo e no interior. As unidades escolares interessadas deverão efetuar a inscrição no período de 1º a 30 de junho, por meio do site www.crmariocovas.sp.gov.br . Após o preenchimento, a ficha de adesão disponível no portal deve ser encaminhada para o e-mail cremariocovas@fde.sp.gov.br .

Poderão participar alunos regularmente matriculados e frequentes no 3º ano do Ensino Médio e na EJA da rede estadual, da mesma unidade escolar, em grupos de cinco sob a coordenação de um professor-orientador. Alunos menores de 18 anos de idade precisarão de autorização dos pais ou responsáveis para ingressar no concurso.

Os estudantes participantes deverão realizar uma pesquisa com base no tema dentro de um dos seguintes focos: história da leitura; a importância da leitura para a vida; a leitura e seus diferentes suportes através dos tempos; e a leitura e a representação de seus códigos (linguagem verbal e não verbal).

A partir do roteiro elaborado com as informações obtidas durante a pesquisa, os alunos terão de criar a letra de um samba-enredo inédito, que deve compreender o resumo poético do tema “Leitura também dá samba”.

O trabalho deverá ser apresentado por meio de um videoclipe, com no máximo sete minutos de duração, do samba-enredo cantado, com ou sem acompanhamento, gravado em arquivo avi ou mpeg, mpg ou mov. Os estudantes também deverão entregar duas cópias da letra do samba-enredo, digitadas em word, fonte arial 12, espaço 1,5 cm, layout da página orientação “retrato”, impressas em sulfite tamanho A4, com etiqueta de identificação colada no verso com as seguintes informações: nome do projeto – Concurso “Escola Faz Samba”; título do samba-enredo; nome dos autores, RA/RG e série; nome da escola; professor-orientador do grupo e diretoria de ensino.

Na avaliação da letra do samba-enredo serão considerados aspectos como a natureza da pesquisa realizada como elemento facilitador para a produção da letra; criatividade e originalidade; pertinência ao tema proposto; e os aspectos gerais de gramática e ortografia.

Os trabalhos deverão ser produzidos e selecionados pelas escolas até o dia 24 de setembro e encaminhados para as diretorias de ensino até 30 de setembro. Os resultados do concurso serão divulgados a partir do dia 10 de novembro.

Os três grupos de alunos e as escolas finalistas serão premiados com um conjunto de cinco instrumentos de percussão e corda por grupo. Os cinco alunos e o professor-orientador do grupo vencedor do concurso receberão um ingresso por pessoa para assistir ao Desfile das Escolas de Samba do Grupo Especial no Carnaval 2011 no Sambódromo de São Paulo.

Em caso de dúvidas, as escolas interessadas no concurso podem escrever para o e-mail cremariocovas@fde.sp.gov.br .