quarta-feira, 06/05/2020
Últimas Notícias

Secretaria de Educação lança revista eletrônica do Saresp

Secretário de educação e coordenadores da pasta apresentaram material em transmissão pelo aplicativo do Centro de Mídias de São Paulo

Nesta quarta-feira (6), a secretaria de Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) lançou a revista eletrônica do Saresp, o Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo.

Com a revista é possível ter detalhamento dos resultados da rede, por município, e acesso a diversos conteúdos relevantes como linha do tempo e evolução da aprendizagem e os resultados de língua portuguesa e matemática. O lançamento foi feito pelo secretário Rossieli Soares, que estava acompanhado por coordenadores da pasta, durante transmissão pelo aplicativo do Centro de Mídias de São Paulo.

Outra característica da revista é a análise de itens importantes contidos na prova separados por ciclo e disciplina. Esse diagnóstico apresenta o que as alternativas escolhidas em determinada questão podem dizer sobre o conhecimento de cada aluno, revelando assim a sua escala de proficiência, que por sua vez é o que dará significado as notas obtidas.

“Olhando a escala de proficiência você consegue dizer se a turma ou a escola são capazes de desempenhar determinadas tarefas que estão lá descritas” explicou Caetano Siqueira, coordenador da Coordenadoria Pedagógica (COPED).

Pela revista também é possível acessar o mapa de defasagem, que classifica o conhecimento da rede em abaixo do básico, básico, adequado ou avançado apontando a sua posição atual e a que deveria alcançar.

A revista eletrônica do Saresp substitui o relatório pedagógico em versão física. Nela os educadores podem integrar a leitura articulada à interpretação e uso dos dados e integrando outros documentos e suas análises, por meio de links. Ela pode ser acessada em: http://saresp.vunesp.com.br/

Sobre o Saresp 2020 o secretário explicou que por conta da situação de pandemia ainda não é possível confirmar ou cancelar a prova. “Vai depender de quando a gente voltar e como é que a gente vai voltar. Vamos analisar isso com calma e conjuntamente com toda a rede.”

Saresp 2019

O sistema tem o objetivo analisar o desempenho dos alunos dos ensinos fundamental e médio da rede estadual e dar subsídios para a Secretaria da Educação tomar decisões relacionadas à política educacional do Estado.

Em língua portuguesa, os alunos do 5º ano do ensino fundamental apresentaram uma ligeira queda em relação ao ano anterior e obtiveram 216,8 pontos. Por outro lado, em matemática os alunos saltaram de uma média de 227,4 para 231,3 (3,9 pontos a mais) (confira abaixo toda a série histórica).

No 9º ano do ensino fundamental, o Saresp apontou uma estagnação dos alunos em língua portuguesa com os mesmos 249,6 pontos de 2018. Em matemática, foi registrado um crescimento de 255,6 para média de 259,9 (4,3 pontos a mais).

No ensino médio, a avaliação revela uma piora dos resultados em ambas as disciplinas. Em língua portuguesa, a média caiu de 278,8 para 274,5. Em matemática a queda foi de 278,6 para 276,6 pontos.

Seguem as séries históricas:

Resultados do Saresp em língua portuguesa
2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019
5º EF 190,4 195,0 197,6 199,4 203,7 212,7 218,6 214,3 217,0 216,8
7º EF 203,7 208,1 210,6 208,7 211,6 221,4 222,9 225,8 226,0 231
9º EF 229,2 229,6 227,8 226,3 231,7 237,8 237,4 242,5 249,6 249,6
3ª EM 265,7 265,7 268,4 262,7 265,7 267,8 273,0 274,5 278,8 274,5

 

Resultados do Saresp em matemática
2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019
5º EF 204,6 209,0 207,6 209,6 216,5 223,6 222,4 223,8 227,4 231,3
7º EF 212,1 216,6 215,4 214,9 215,1 227,4 227,5 228,4 231,5 237,7
9º EF 243,3 245,2 242,3 242,6 243,4 255,5 251,0 256,7 255,6 259,9
3ª EM 269,2 269,7 270,4 268,7 270,5 280,8 278,1 278,3 278,6 276,6

 

As provas do Saresp foram aplicadas em novembro do ano passado para cerca de 1 milhão de alunos da rede estadual regular de todo o estado de São Paulo.