quarta-feira, 26/03/2008
Concursos

Secretaria define 8 mil novos professores-coordenadores nesta quarta-feira

Nomes serão publicados no Diário Oficial do Estado, de acordo com cada Diretoria de Ensino A Secretaria de Estado da Educação define nesta quarta-feira, 26 de março, a lista dos 8 mil professores selecionados para atuação como professor-coordenador. Cerca de 27 mil (de 40 mil inscritos) foram selecionados para esta fase e agora passaram por […]

Nomes serão publicados no Diário Oficial do Estado, de acordo com cada Diretoria de Ensino

A Secretaria de Estado da Educação define nesta quarta-feira, 26 de março, a lista dos 8 mil professores selecionados para atuação como professor-coordenador. Cerca de 27 mil (de 40 mil inscritos) foram selecionados para esta fase e agora passaram por seleção nas Diretorias de Ensino.

O Diário Oficial do Estado irá publicar os nomes dos selecionados, de acordo com cada Diretoria de Ensino. Parte da lista já foi definida nesta terça-feira. São 91 Diretorias de Ensino em todo o Estado.

A Secretaria está passando de 6 mil para 12 mil vagas de professores-coordenadores na rede estadual. Neste momento estão sendo selecionados 8 mil, para turmas de 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental e de Ensino Médio_ os 4 mil restantes, para 1ª a 4ª série do Fundamental, terão processo seletivo no meio do ano.

Os professores-coordenadores em todas as escolas estaduais e trabalharão como gestores das mudanças anunciadas em 2007 pela pasta. Eles serão responsáveis, por exemplo, em planejar como as escolas cumprirão as metas de desempenho e como elevar o nível de aprendizado dos alunos.

Os 8 mil aprovados passarão por capacitação ainda nesta semana, por dois dias. O salário inicial de professor-coordenador de ciclo 1 é de R$ 1.773,71. Para ciclo 2 e Ensino Médio é de R$ 1975,55. Um professor na rede estadual ganha hoje, de início, para 24 horas semanais, R$ 1036,00.

“Trata-se de uma seleção importante. Os professores-coordenadores serão peça fundamental para melhorar a educação na rede estadual”, afirma a secretária de Estado da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro.

Cada professor-coordenador será responsável por um ciclo (5ª a 8ª e Ensino Médio) e por no máximo 30 classes. Hoje, antes desta seleção, havia apenas um coordenador por escola_ agora cada escola poderá ter 3 coordenadores, 1 por ciclo (1ª a 4ª, 4ª a 8ª e Ensino Médio).