terça-feira, 16/11/2010
Últimas Notícias

Secretaria divulga finalistas do concurso “Escola faz Samba”

Parceria da Secretaria de Educação com a Faculdade Zumbi dos Palmares, o concurso é voltado a alunos do 3º ano do Ensino Médio da rede estadual, com o intuito de difundir a cultura afro-brasileira por meio da produção de sambas-enredo; Foram inscritas 111 escolas, das quais três foram selecionados para a final, que acontecerá no […]

Parceria da Secretaria de Educação com a Faculdade Zumbi dos Palmares, o concurso é voltado a alunos do 3º ano do Ensino Médio da rede estadual, com o intuito de difundir a cultura afro-brasileira por meio da produção de sambas-enredo;

Foram inscritas 111 escolas, das quais três foram selecionados para a final, que acontecerá no dia 19 de novembro, véspera do Dia da Consciência Negra, na quadra da escola de samba Nenê de Vila Matilde

A Secretaria de Estado da Educação divulgou os três sambas-enredo finalistas do concurso “Escola Faz Samba”, promovido em parceria com a Afrobras – Faculdade Zumbi dos Palmares. São eles: “Aprender a ler”, da E.E. Profª Thereza Dorothea de Arruda Rego, da Capital; “Do rupestre ao digital, a leitura virou carnaval”, da E.E. Orestes Ferreira de Toledo, de Jales; e “Um pingo é letra pra quem sabe ler”, da E.E. Profº José Carlos da Silva, de Penápolis.

Voltado a alunos do 3º ano do Ensino Médio da rede estadual (incluindo a modalidade de Educação de Jovens e Adultos), o concurso tem por objetivo difundir a cultura afro-brasileira por meio da produção de sambas-enredo, e contou com 111 escolas inscritas em todo o Estado. Os selecionados participarão da final que acontecerá no dia 19 de novembro, véspera do Dia da Consciência Negra, na quadra da escola de samba Nenê de Vila Matilde.

Os sambas-enredo foram produzidos por grupos de até cinco alunos. Com o tema “Leitura também dá samba”, os estudantes realizaram pesquisas sobre a história da leitura, sua importância, seus diferentes suportes através dos tempos e a representação de seus códigos (linguagem verbal e não verbal). Depois reuniram as informações pesquisadas e elaboraram um roteiro que serviu base para a criação da letra do samba-enredo.

Na avaliação da letra do samba-enredo foram considerados aspectos como a natureza da pesquisa realizada como elemento facilitador para a produção da letra; criatividade e originalidade; pertinência ao tema proposto; e os aspectos gerais de gramática e ortografia. Os três grupos de alunos e as escolas finalistas serão premiados com um conjunto de cinco instrumentos de percussão e corda por grupo. Os cinco alunos e o professor-orientador do grupo vencedor do concurso receberão um ingresso por pessoa para assistir ao Desfile das Escolas de Samba do Grupo Especial no Carnaval 2011 no Sambódromo de São Paulo.