sexta-feira, 26/11/2021
Notícia

Secretária Executiva da Seduc-SP visita escolas estaduais na região de Ribeirão Preto

Renilda Peres conheceu projetos de Aquacultura e Robótica e também assistiu uma encenação teatral feita por estudantes

Nesta quarta-feira (24), a Secretária Executiva da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP), Renilda Peres, foi recebida por três escolas da rede estadual na região de Ribeirão Preto, uma em Cravinhos e duas em Ribeirão Preto. “É muito importante vir conhecer de perto os projetos e as transformações das escolas com os recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola, o PDDE. O brilho nos olhos dos alunos, dos professores, diretores e equipe escolar mostram que estamos no caminho certo”, disse Renilda Peres.

Na Escola Estadual Bairro Francisco Castilho, em Cravinhos, os estudantes mostraram o projeto de Aquacultura, que consiste em um sistema de cultivo que une a piscicultura (cultivo de peixes) e a hidroponia (cultivo de plantas sem o uso de solo, com as raízes submersas na água). “Nesse sistema, as plantas limpam a água para o peixe e os peixes alimentam as plantas, sem uso de agrotóxicos. É um projeto que está aqui na escola faz um ano e trabalha todas as disciplinas”, explica Maria Ramos de Campos Silva, diretora da escola. “Este trabalho é protagonizado pelos alunos, que fazem quase tudo, o professor praticamente só observa. Outro ponto importante é que os alimentos cultivados aqui são fornecidos para a comunidade do entorno da escola”, completa.

Já na Escola Estadual Oscar de Moura Lacerda, em Ribeirão Preto, os alunos estavam ansiosos para fazer o ensaio geral da peça ‘Rei Leão Musical’, que estreia em duas semanas. “Por causa da pandemia, ficamos quase dois anos sem apresentação, mas continuamos reunindo o grupo e conversando com a professora. Estou muito feliz de ter a presença da Renilda aqui, é um reconhecimento ao nosso trabalho”, conta Cauê Matias Lopes, aluno da 3ª série do ensino médio.

A Secretária também conheceu a sala ‘Robotic Maker’ que foi montada com recursos do PDDE Maker. Gabriel Consenza, aluno da 3ª série do ensino médio, relata que “usamos a impressora 3D para melhorar muitas coisas na nossa escola. Fizemos até uma centrífuga para o nosso laboratório”.

A diretora da escola Marta Murare lembra que em 2018 a unidade passou a integrar o Programa de Ensino Integral (PEI). “Tivemos todo um trabalho para incentivar os alunos, a desenvolver neles a cultura do pertencimento à escola, o amor aos estudos, e realmente uma experiência única. A visita da Renilda e da equipe dela, para nós, fecha com chave de ouro esse programa. É um reconhecimento para todos nós da escola”.

Ainda em Ribeirão Preto, Renilda Peres foi conhecer a Escola Estadual Professora Eugênia Vilhena de Morais. O diretor Marcelo Queiroz conta que “foi de imensa satisfação poder apresentar a Secretária tudo que conseguimos fazer através do PDDE Paulista. A gente sabe que foi um esforço grande dela para colocar em pauta essa discussão e transformar o programa em realidade.”