quinta-feira, 25/07/2013
Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 105,4 mil estudantes da rede estadual da região de São José do Rio Preto voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar […]

 

A partir do dia 1º, 105,4 mil estudantes da rede estadual da região de São José do Rio Preto voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo o Estado, sendo 105,4 mil da região de São José do Rio Preto, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha” ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista.  Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida” e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos. 

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui

Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 200,6 mil estudantes da rede estadual da região do Vale do Paraíba e Litoral Norte voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para […]

 

A partir do dia 1º, 200,6 mil estudantes da rede estadual da região do Vale do Paraíba e Litoral Norte voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo o Estado, sendo 200,6 mil da região do Vale do Paraíba e Litoral Norte, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link  Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

 

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha” ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista.  Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida” e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

 

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos. 

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui

Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 270,6 mil estudantes da rede estadual da região de Sorocaba voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a […]

 

A partir do dia 1º, 270,6 mil estudantes da rede estadual da região de Sorocaba voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo o Estado, sendo 270,6 mil da região de Sorocaba, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link  Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha” ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista.  Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida” e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos. 

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui

Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 270,6 mil estudantes da rede estadual da região de Sorocaba voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a […]

 

A partir do dia 1º, 270,6 mil estudantes da rede estadual da região de Sorocaba voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo o Estado, sendo 270,6 mil da região de Sorocaba, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link  Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha” ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista.  Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida” e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos. 

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui

Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 32,8 mil estudantes da rede estadual da região de Registro voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a […]

 

A partir do dia 1º, 32,8 mil estudantes da rede estadual da região de Registro voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo o Estado, sendo 32,8 mil da região de Registro, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link  Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

 

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha”, ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista.  Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida” e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

 

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos. 

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui

Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 89 mil estudantes da rede estadual da região de Marília voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a […]

 

A partir do dia 1º, 89 mil estudantes da rede estadual da região de Marília voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo o Estado, sendo 89 mil da região de Marília, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link  Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha” ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista. Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida” e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos. 

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui

Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 111,1 mil estudantes da rede estadual da região de Ribeirão Preto voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes […]

 

A partir do dia 1º, 111,1 mil estudantes da rede estadual da região de Ribeirão Preto voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo o Estado, sendo 111,1 mil da região de Ribeirão Preto, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link  Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha” ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista. Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida” e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos. 

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui

Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 105 mil estudantes da rede estadual da região de Bauru voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a […]

 

A partir do dia 1º, 105 mil estudantes da rede estadual da região de Bauru voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo o Estado, sendo 105 mil da região de Bauru, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link  Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha” ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista. Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida”, e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos. 

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui

Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 69,5 mil estudantes da rede estadual da região de Presidente Prudente voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes […]

 

A partir do dia 1º, 69,5 mil estudantes da rede estadual da região de Presidente Prudente voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo o Estado, sendo 69,5 mil da região de Presidente Prudente, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link  Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha”, ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista.  Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida” e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos. 

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui

Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 69,5 mil estudantes da rede estadual da região de Presidente Prudente voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes […]

 

A partir do dia 1º, 69,5 mil estudantes da rede estadual da região de Presidente Prudente voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo o Estado, sendo 69,5 mil da região de Presidente Prudente, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link  Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha”, ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista.  Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida” e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos. 

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui

Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 69,5 mil estudantes da rede estadual da região de Presidente Prudente voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes […]

 

A partir do dia 1º, 69,5 mil estudantes da rede estadual da região de Presidente Prudente voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo o Estado, sendo 69,5 mil da região de Presidente Prudente, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link  Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha”, ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista.  Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida” e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos. 

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui

Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 59,8 mil estudantes da rede estadual da região de Franca voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a […]

 

A partir do dia 1º, 59,8 mil estudantes da rede estadual da região de Franca voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo o Estado, 59,8 mil da região de Franca, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link  Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha” ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista.  Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida” e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos. 

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui

 

Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 125,8 mil estudantes da rede estadual da região da Baixada Santista voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes […]

 

A partir do dia 1º, 125,8 mil estudantes da rede estadual da região da Baixada Santista voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo o Estado, sendo 125,8 mil da região da Baixada Santista, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link  Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha” ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista.  Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida”, e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos. 

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui

Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 559,5 mil estudantes da rede estadual da região de Campinas voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a […]

 

A partir do dia 1º, 559,5 mil estudantes da rede estadual da região de Campinas voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo o Estado, sendo 559,5 mil da região de Campinas, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha”, ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista.  Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida”, e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos. 

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui

Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 18,1 mil estudantes da rede estadual da região de Barretos voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a […]

 

A partir do dia 1º, 18,1 mil estudantes da rede estadual da região de Barretos voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo o Estado, sendo 18,1 mil da região de Barretos, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link  Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha”, ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista. Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida”, e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos. 

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui

 

Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 301,6 mil estudantes da rede estadual da região do ABCD voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a […]

 

A partir do dia 1º, 301,6 mil estudantes da rede estadual da região do ABCD voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo o Estado, sendo 301,6 mil da região do ABCD, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

 

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha” ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista.  Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida” e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

 

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos. 

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui

Releases

Secretaria indica 11 brincadeiras educativas para alunos aproveitarem a última semana de férias

  A partir do dia 1º, 57,6 mil estudantes da rede estadual da região de Araçatuba voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias   A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a […]

 

A partir do dia 1º, 57,6 mil estudantes da rede estadual da região de Araçatuba voltam do recesso e professores sugerem brinquedos caseiros que agregam conhecimento ao descanso nos últimos dias

 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convocou professores da rede estadual de ensino para orientar crianças e adolescentes a agregar conhecimento ao descanso nesta última semana de férias escolares. A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, cerca de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino de todo Estado, sendo 57,6 mil da região de Araçatuba, voltam do recesso escolar.

Para aproveitar os últimos dias, a sugestão dos educadores é utilizar materiais recicláveis para a construção de brinquedos caseiros, fazer experiências de química e física sempre com segurança, criar bonecos de fantoche entre outras opções. No total, são sugeridas 11 brincadeiras que podem ser feitas em casa e que, além de educativas, são divertidas e voltadas para todas as idades.

A Secretaria criou um canal na internet com 11 vídeos que explicam o passo a passo das brincadeiras educativas, que auxiliam na coordenação motora, na atenção, no equilíbrio, na concentração e imaginação dos participantes. No mês de julho, os estudantes puderam conferir a programação especial elaborada pelo Portal da Educação e disponibilizada no link Faça Você Mesmo com dicas práticas, rápidas e seguras.

         Um dos exemplos é o jogo “Passa Bolinha” ensinado pela professora Vanessa Azevedo, da Escola Estadual Cézar Martinez, da capital paulista.  Com apenas duas garrafas pet e algumas bolinhas de gude, é possível construir o brinquedo que agrega noções de espaço. Outras opções são o “vai-e-vem”,  a “meleca divertida”, e as dicas para o “motor homopolar” (veja a lista abaixo).

Além das brincadeiras educativas, todos os alunos, pais e comunidade escolar também podem conferir a programação das 2.300 unidades do Escola da Família que ficam abertas aos finais de semana. Além de lazer e diversão, o Programa também oferece cursos de capacitação, artes e cultura gratuitos. De 2010 para cá, foram 22 mil capacitações e oficinas responsáveis por 7 milhões de atendimentos.

Saibam quais são as 11 brincadeiras educativas:

1.  Transformar garrafa pet em brinquedo;

A professora Lúcia Pantaleonni ensinou a construir a engenhoca conhecida como Pega Bola, com duas garrafas pet, tesoura, jornal, caneta e fita adesiva.

Veja aqui

2. Fantoche de saci;

A professora Vanessa Azevedo ensina em apenas 3 minutos a fazer um divertido fantoche usando materiais fáceis de encontrar em casa.

Veja aqui

3. Brinquedo Passa Bolinha;

A professora Vanessa Azevedo também ensinou que com duas garrafas pet, bolinhas de gude, fita adesiva e tesoura é possível construir o passa bolinha.

Veja aqui

4. O divertido universo da Química na experiência “Camada de Líquidos”;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, deu dicas sobre solubilidades e densidade.

Veja aqui

5. Experiência que ensina conceitos de densidade;

O professor de química Tiago de Oliveira Silva incentivou os estudantes a colocar a mão na massa e testar o experimento “Dissolução de sal em água”. Com apenas quatro ingredientes é possível aprender de forma rápida e divertida.

Veja aqui

6. Aprenda Química brincando;

A professora de química Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, também mostrou para aqueles que acham a Química é um bicho de sete cabeças, o experimento “Balé da naftalina” mostra que é possível aprender a disciplina brincando.

Veja aqui

7. Como se divertir com a Química;

A professora Jucinéia Rocha Santos, da E.E. Professor Leopoldo Santana, em São Paulo, ensina como realizar o experimento “As cores se movem”.

Veja aqui

8. O brinquedo “Vai-e-Vem”;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, ensinou que com barbante, duas garrafas pet e fita adesiva  é possível confeccionar um passatempo conhecido como “Vai e Vem”.

Veja aqui

9. Passo-a-passo de como fazer um Bilboquê;

A professora Ana Paula Puga, da E.E. Josephina Cintra Damião, também ensinou a fazer o Bilboquê, um jogo onde é preciso acertar a bolinha dentro do funil, que é ligado à bola por uma corda.

Veja aqui

10. Crie uma “Meleca Divertida”;

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, ensinou como criar a “geleca” com ingredientes simples.

Veja aqui

11. Como fazer um motor homopolar.

O professor Átila Soares, da E.E. Helena de Campos Camargo, também ensinou a criar um pequeno motor elétrico utilizando apenas uma pilha, um imã e fio de cobre.

Veja aqui