quarta-feira, 01/08/2018
Agenda do secretário

Secretaria lança aplicativo para facilitar diálogo com a comunidade escolar

Através do 'Minha Escola SP', alunos e familiares terão acesso ao boletim, registro de frequência, R.A. e outras funções

No primeiro dia de aula letivo da rede estadual de ensino, nesta quarta-feira (1º), a Secretaria de Estado da Educação lançou uma novidade para toda comunidade escolar. A partir de agora, pais, famílias e estudantes terão acesso ao aplicativo “Minha Escola SP”, um canal de comunicação direto e gratuito com a rede.

A plataforma foi desenvolvida para reunir as principais informações do aluno dentro da escola, como boletim, registro de frequência, carterinha estudantil e outras atividades. O serviço, desenvolvido pela Coordenadoria de Informação, Monitoramento e Avaliação Educacional (CIMA), beneficiará 3,7 milhões de alunos matriculados no Ensino Fundamental e Médio em todo o Estado.

“A rede estadual de educação é muito grande e muito diversa. Queremos ouvir o aluno e o funcionário para ampliar o diálogo e diminuir as distâncias”, explica o secretário de Estado da Educação, João Cury.

Nesta primeira fase de implantação, o serviço está disponível para celulares e tablets com sistema Android (basta baixar Minha Escola SP na Play Store).

“Ele oferece novos serviços para facilitar a vida do aluno. Queremos que a comunidade escolar se engaje mais com esse conceito, que é fundamental para o aprendizado do jovem”, completa o coordenador da CIMA, Marcelo Cabral.

Alimentação Escolar

Uma das funções disponível no novo aplicativo é a avaliação da merenda servida diariamente nas unidades de ensino. Mais de 1,5 milhão de crianças e jovens das mais de 3 mil escolas da rede centralizada (sob responsabilidade e gestão do Estado) vão opinar se gostaram ou não do cardápio oferecido.

Os alunos contarão com uma enquete dentro da plataforma para avaliar, positivamente ou negativamente, a refeição do dia. Os dados são encaminhados às Coordenadorias da Secretaria da Educação que poderão replanejar os cardápios de acordo com as respostas.

“Para que possamos melhorar e construir a escola da melhor maneira possível, é importante ouvir o aluno, porque ele poderá qualificar e sugerir merendas. Estamos construindo algo que seja bom para todos”, afirma Júlio Ramos, coordenador da Coordenadoria de Infraestrutura e Serviços Escolares (CISE).

As prefeituras responsáveis pela distribuição da alimentação nas escolas estaduais (rede descentralizada) também poderão solicitar a inclusão do recurso no app.

Carteirinha estudantil

Outra facilidade do app é a carteirinha estudantil com fotografia, nome, série e unidade. Cada uma traz ainda o QR Code, que será utilizado para checar a identificação do aluno da rede estadual.

O documento pode ser visualizado off-line, após o acesso inicial. Um link para a carteirinha foi colocado já na página de abertura do aplicativo.

Lançamento

A cerimônia de lançamento do aplicativo aconteceu em uma das unidades da rede na Zona norte capital paulista. A E.E. Professor Antonio José Leite recebeu coordenadores e representantes da Secretaria.

“O aplicativo será muito útil, principalmente pela interação dos pais e dos alunos com a gente. Ficamos felizes por escolherem a nossa escola. Essa também é uma forma de divulgar o nosso trabalho”, enfatiza a diretora da unidade, Kátia Yamamoto.

Na ocasião, as funções do aplicativo foram apresentadas aos alunos da entidade. A estudante Alícia Ornelas, do 3º ano do Ensino Médio, conta que já baixou a plataforma no celular e está curiosa para saber como ela irá funcionar no dia a dia. “Vai ser muito mais fácil para dar a nossa opinião”, ressalta a jovem.