quinta-feira, 24/02/2022
Notícia

Secretário da Educação visita sede das entidades estudantis

Na oportunidade, os presidentes da UNE, UBES, UPES, UEE e UMES/SP entregaram uma “carta compromisso” em apoio à iniciativa do governo em vacinar as crianças nas escolas

Na tarde da última sexta-feira (18), o Secretário Estadual da Educação Rossieli Soares visitou a sede das entidades estudantis, na Vila Mariana, na ocasião ele conversou com os presidentes da UNE, UBES, UPES, e UMES, e relembrou a importância histórica que os movimentos possuem.

“Nós já tivemos a juventude como uma base muito forte e sólida, inclusive em determinados momentos históricos do Brasil, como o impeachment do presidente Collor, foi tão forte e expressiva, que despertou lideranças”, relembrou Rossieli Soares.

Ele também destacou a importância de estar perto dos movimentos e do trabalho em conjunto. “A gente hoje organiza o currículo no Estado de São Paulo, com a própria Base Nacional Comum Curricular, sempre colocando o protagonismo do jovem em destaque. E o protagonismo tem várias esferas, e uma delas é a participação ativa na vida em sociedade, em se colocar em posição e brigar por aquilo que acredita. Eu acho que a gente precisa fomentar muito isso nessa juventude que não pode ficar apática a tudo que está acontecendo”, diz.

A presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Bruna Brelaz, abriu a conversa destacando o quanto é importante a ter o apoio do Secretário, principalmente em um momento que o Brasil passa por muitas dificuldades “É óbvio que ainda vamos ter alguns passos a tomar, mas esse espaço é muito importante para o estudante, para que a gente consiga se organizar, para que a gente consiga fazer nossas assembleias, nossas ‘calouradas’. Esta sede representa muito isso, e a iniciativa do Secretário em acolher o pedido de ajuda da sede é algo extraordinário”.

Lucca Gidra, presidente da União Municipal dos Estudantes Secundaristas (UMES/SP), pontuou que essa foi a primeira vez que um Secretário da Educação visitou as instalações das entidades estudantis “É um lugar que os estudantes têm muito carinho, aqui tem muita história, a gente sabe o quanto é importante se unir nesse momento de democracia”. E completou falando dos desafios que a educação tem enfrentado “Nossa principal batalha da educação é recuperar todo esse tempo perdido e também garantir que a democracia exista e pulse nas escolas, através do grêmio estudantil, da comunidade escolar”.

Na reunião os presidentes das entidades demonstraram apoio a decisão do Estado de levar a vacinação para dentro das escolas, e assim aumentar ainda mais o número de crianças e adolescentes vacinados. E levaram uma carta compromisso, assinada pelo Secretário e por todos os presidentes presentes.

“A luta pelo acesso à educação de qualidade é fundamental, e quando não tínhamos a vacina, nós sabíamos que um direito de muitos de nós estava sendo retirado, que é o direito do acesso à educação” destacou Hector Batista, Presidente da União Paulista dos Estudantes Secundaristas de SP (UPESP).

Para Rozana Barroso, Presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) a assinatura do secretário foi uma vitória muito grande “Lutamos pra garantir os menores de idade no plano nacional de imunização e agora queremos postos de vacinação não só nas escolas municipais, mas em todo o estado. E por isso a assinatura do secretário de educação Rossieli, foi tão importante para firmar esse compromisso com a ciência e educação. Com isso enfrentemos de frente essa grande onda de negacionismo e colocamos à educação como um instrumento essencial para enfrentarmos a pandemia e os problemas agravados nela. Continuamos com nossa palavra de ordem: Vida, pão, vacina e educação”, disse.