segunda-feira, 07/07/2014
Professores e Funcionários

Servidores do quadro de apoio da Educação terão nova opção para aumento salarial

Quadro de apoio poderá ter reajuste de 5% nos vencimentos por desempenho da função

As regras de progressão salarial em níveis para os servidores do quadro de apoio escolar da Educação foram aprimoradas. As mudanças vão garantir que todos os servidores que passarem por avaliação de desempenho tenham aumento salarial de 5%.

A medida será aplicada anualmente pela Educação e envolve critérios como assiduidade e comprometimento. As mudanças serão embasadas em legislação publicada nesta sexta-feira (4), no Diário Oficial do Estado e valem para agentes de organização escolar, secretários de escola e agentes de serviços escolares. Assim como os professores da rede estadual, os funcionários de apoio terão três opções para aumento salarial.

O primeiro deles é o reajuste concedido anualmente pela Educação, que somou 45% em quatro anos, com o recente aumento de 7% para o mês de julho. A segunda forma é a aceleração por faixas por meio da prova de valorização pelo mérito. E agora, a terceira e inédita, progressão por desempenho.

Com a evolução por faixas e níveis, um agente de organização escolar que, por exemplo, hoje recebe um salário inicial de R$ 971,78 poderá chegar a R$ 2.373,71. Cada servidor será avaliado em um interstício de cada três anos de trabalho na rede.

Prova de valorização por mérito

Neste ano, funcionários do quadro de apoio escolar das unidades de ensino da rede estadual paulista também passaram a ter a chance de elevar o salário. Ao todo, 5 mil servidores conquistaram percentual de aumento salarial de 20% para os agentes de serviços escolares e 35% no caso dos agentes de organização escolar e secretários de escola.