segunda-feira, 19/04/2004
Últimas Notícias

Sustentabilidade ambiental é tema de projeto em escola estadual

Conscientizar alunos e comunidade sobre questões ambientais e uso racional dos recursos naturais é o principal enfoque dos projetos desenvolvidos pela EE Dom Miguel Kruse, localizada no Jardim Danfer, zona leste da capital paulista. Desde o ano passado, o professor de inglês Antonio Evandro de Sousa, há 20 anos docente da rede, e idealizador do […]

Conscientizar alunos e comunidade sobre questões ambientais e uso racional dos recursos naturais é o principal enfoque dos projetos desenvolvidos pela EE Dom Miguel Kruse, localizada no Jardim Danfer, zona leste da capital paulista. Desde o ano passado, o professor de inglês Antonio Evandro de Sousa, há 20 anos docente da rede, e idealizador do projeto, tem formado diversas comissões de alunos, que trabalham no desenvolvimento de projetos voltados para a questão do meio ambiente.

O carro-chefe destes projetos é o de água. Os alunos aprenderam a reutilizar a água da chuva para regar o jardim, lavar banheiros e o pátio da unidade. Com esta iniciativa, a escola consegue economizar cerca de 800 litros de água por mês. “A falta de água será o grande problema da humanidade nos próximos anos. Portanto, temos que buscar alternativas inteligentes para a questão”, salienta.

O professor Evandro lembra que o projeto da escola tem sido destaque em vários encontros sobre educação e meio ambiente. “A nossa aluna-delegada da comissão do projeto água, Suzana Aparecida Bonato, esteve o ano passado em Brasília expondo o trabalho da escola, que foi um dos escolhidos pela Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente. E este ano estivemos no último Fórum Mundial de Educação, que ocorreu nos dias 2 e 3 de abril, em São Paulo”.

O projeto de captação de água não é o único desenvolvido pela escola. Este ano, a unidade iniciou um projeto diferenciado – o do tijolo ambiental. Utilizando água de chuva, garrafas pets de refrigerante e capim, os alunos aprenderam a produzir tijolos ambientais que serão utilizados para bancos escolares.

A preocupação com o meio ambiente ultrapassa os muros da escola. Recentemente, graças a uma parceria com o Parque Ecológico do Tietê, a EE Dom Miguel Kruse recebeu 250 mudas de ipê roxo e amarelo. As mudas da árvore estão sendo plantadas pelos alunos no jardim da escola e sendo doadas à comunidade do Jardim Danfer.

“Queremos conscientizar não apenas os alunos mas também a comunidade sobre a importância da sustentabilidade”, destaca o professor Evandro, lembrando que pesquisas de especialistas do mundo inteiro revelam que em 2025 duas em cada três pessoas em todo o mundo correm o risco de ficar sem água.

Ana Lucia Venerando