segunda-feira, 05/11/2012
Últimas Notícias

Tire suas dúvidas sobre o resultado do Exame Supletivo

A correção oficial e o resultado final serão divulgados até o fim de 2012 O Portal da Secretaria da Educação reuniu dúvidas dos candidatos do Exame Supletivo e preparou um post especial com algumas repostas. Para ser aprovado e obter a certificação, por exemplo, é preciso acertar, no mínimo, 15 questões de cada uma das […]

A correção oficial e o resultado final serão divulgados até o fim de 2012

O Portal da Secretaria da Educação reuniu dúvidas dos candidatos do Exame Supletivo e preparou um post especial com algumas repostas. Para ser aprovado e obter a certificação, por exemplo, é preciso acertar, no mínimo, 15 questões de cada uma das quatro provas do Ensino Fundamental ou Médio (I, II, III e IV), ou seja, 50% do exame. Outro requisito para aprovação é atingir a nota mínima de cinco pontos na redação, que tem 10 pontos como nota máxima. 

Conheça a página da Secretaria da Educação no Facebook


Caso o candidato tenha obtido a aprovação parcial no Exame Supletivo (por exemplo, alcançou a nota mínima em apenas duas das quatro provas), poderá solicitar o Atestado de Eliminação referentes as áreas que obteve nota mínima.  O candidato não será certificado até que obtenha a aprovação em todas as quatro provas.

Ele poderá concluir seus estudos através de outros exames de certificação – ENEM (para o Ensino Médio), ENCCEJA (para o Ensino Fundamental) ou através do CEEJA – Centro Estadual de Educação de Jovens  e Adultos. Basta solicitar o Atestado de Eliminação de áreas, junto à Diretoria de Ensino da sua região, e apresentar no Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos no momento da matrícula.

Candidato do Exame Supletivo: Entenda como funciona o processo de avaliação

A correção oficial e o resultado final serão divulgados até o fim de 2012. Uma vez com o resultado, caso não tenha sido aprovado, o candidato pode se matricular em cursos supletivos como o Educação para Jovens e Adultos (EJA) e o Centro Estadual de Educação para Jovens e Adultos (CEEJA) para se preparar novamente.

Diferença entre EJA e CEEJA                                                                  

A Secretaria da Educação oferece duas modalidades de cursos para Educação de Jovens e Adultos. A presencial possui carga horária de 4 horas diárias de segunda à sexta-feira. As idades mínimas para ingresso nos Ensino  Fundamental e Médio são 15 e 18 anos, respectivamente.

Outro modelo é o de presença flexível que é oferecido em 19 Centros Estaduais de Educação de Jovens e Adultos – CEEJA. Lá, os alunos recebem atendimento e eliminam os estudos por disciplina através de processo de avaliação interno.