quinta-feira, 14/04/2022
Ensino Fundamental

Unidade do Centro de Inovação da Educação é inaugurada em Ribeirão Preto

No total, a iniciativa conta com 13 unidades em todo estado, sendo uma móvel

Na terça-feira (12), a Secretária de Educação do Estado de São Paulo Renilda Peres inaugurou a 12ª unidade fixa do Centro de Inovação da Educação Básica Paulista (CIEBP). O novo espaço de tecnologia e inovação localizado na Escola Estadual Dr. Thomaz Alberto Whately, em Ribeirão Preto, pode atender até 1.200 pessoas por dia e é resultado do investimento de R$ 583 mil.

A Secretária ressaltou o desejo de receber estudantes da rede estadual e também da municipal no CIEBP, afirmando que as redes trabalham juntas em prol da rede pública de ensino. “O CIEBP traz o aluno para onde nós queremos, para um local onde a capacidade crítica de se desenvolver e de o transformar em protagonista na sociedade é feita através da Educação” concluiu.

O CIEBP oferece diversas atividades desenvolvidas presencialmente em três modalidades: Trilhas Formativas, Formação de Professores e Mentorias. Nas suas unidades os estudantes idealizam projetos, recebem mentoria no hub de inovação, trabalham com cultura maker, programação e robótica, além de utilizar modelagem 3D para fazer protótipos. O objetivo é o desenvolvimento do protagonismo juvenil no processo de ensino e aprendizagem com atividades “mão na massa”.

Para a coordenadora do Centro de Inovação da Educação Básica Paulista, Débora Garofalo, é fundamental que os estudantes da rede tenham um espaço para fomentar a inovação, a criatividade, entre outras competências. “Os estudantes vão poder idealizar projetos, repensar caminhos, e vão poder sair com esses projetos prontos, em espaços totalmente preparados para lidar com o uso da tecnologia”, explicou.

Na oportunidade, a estudante 3ª série do ensino médio, Sabrina Eduarda dos Santos, discursou um pouco mais sobre a importância de ter um CIEBP na região. “Estamos aqui hoje para comemorar um dia histórico, um Centro com o objetivo de proporcionar e impulsionar o ambiente educacional tanto para nós estudantes, quanto para os professores”, disse.

Os agendamentos para as trilhas formativas podem ser feitos pela SED – Secretaria Escolar Digital, como já ocorre com os demais CIEBPs.
Acesse a SED
Mais informações no site.