quinta-feira, 19/01/2017
Ensino Fundamental

Veja dicas para incentivar o hábito da leitura nas crianças

Os livros são excelentes ferramentas para a formação cultural do cidadão

É bem verdade que a cada dia que passa as pessoas vão perdendo o hábito de ler um bom livro. Os motivos para o abandono dessa prática são muitos, geralmente relacionados à tecnologia, mas ainda assim a leitura é importante, por ser uma das principais maneiras de se adquirir conhecimento.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

No entanto, cada fase de amadurecimento da pessoa precisa ser levada em consideração para que a leitura não seja cansativa e desperte o interesse. Sendo assim, saiba o que é mais indicado para cada faixa etária.

– Dos 5 aos 9 anos

É, talvez, o período mais lúdico da criança, onde tudo é fantasia. Investir em literaturas que falem de mágica a deixará ainda mais encantada, fortalecendo o hábito de procurar um livro. Procure os livros com fábulas, lendas e contos. Poesias, cantigas e trava-línguas são excelentes apostas nessa fase. Prepare um cantinho da leitura em casa, assim a criança vai se acostumando com a atividade.

– Dos 9 aos 12 anos
É a partir dos 9 anos que a criança começa a figurar no mundo concreto. Não se pode deixar de lado a leitura fantasiosa, mas é necessário que a leitura do cotidiano faça parte do seu dia a dia. Uma boa sugestão é a leitura carregada de aventuras, ficções científicas e enigmas.

– Dos 12 aos 14 anos
Com a pré-adolescência vem também a consciência da própria personalidade. Os pais/responsáveis devem tomar cuidado com os tipos de leitura, uma vez que a formação das amizades pode desenvolver atitudes agressivas como reação a algumas situações. Geralmente, o interesse desse grupo está em histórias sensacionalistas e também em roteiros sentimentais. Uma boa é incentivar a leitura por aventuras e a brincadeira com jogos de RPG.

– Dos 14 aos 17 anos
A partir dos 14 anos o adolescente tem total controle do que quer escolher para ler, de acordo com características de sua personalidade. É justamente por ter certeza do que quer ler que o adolescente precisa de uma ajudinha de algum adulto, para que a leitura não se torne tentativas frustaradas.

Com base nas dicas acima, o ideal é estimular atividades de leitura em todas as idades. O livro possibilita aprendizado, conhecimento, diversão e até mesmo viagens para qualquer canto do planeta.