quarta-feira, 01/09/2004
Últimas Notícias

Violência sexual é debatida em encontro na DE de Jundiaí

No último dia 27, educadores, gestores e coordenadores pedagógicos participaram do “Workshop”, no Anfiteatro das Faculdades Padre Anchieta, em Jundiaí, para discutir a violência sexual contra menores. O evento foi realizado pelo Centro de Estudos de Problemas Nacionais e Regionais de Desenvolvimento Urbano e Social (CENDUS). O workshop contou com a participação de autoridades ligadas […]

No último dia 27, educadores, gestores e coordenadores pedagógicos participaram do “Workshop”, no Anfiteatro das Faculdades Padre Anchieta, em Jundiaí, para discutir a violência sexual contra menores. O evento foi realizado pelo Centro de Estudos de Problemas Nacionais e Regionais de Desenvolvimento Urbano e Social (CENDUS).

O workshop contou com a participação de autoridades ligadas aos direitos e à saúde dos menores, dentre eles, estavam o professor Onofre Martins, Dirigente Regional de Ensino; Jefferson Barbin Torelli, juiz da Vara da Infância e Juventude; Dr. Mauro Vaz de Lima, Promotor da Vara da Infância e Juventude; Dr. André Benassi, Diretor do CENDUS; além de médicos e psicólogos de Jundiaí.

O público alvo do workshop foi formado por profissionais ligados à área da Educação e havia mais de 400 pessoas, contando com 300 educadores da equipe escolar, das 74 escolas estaduais de Jundiaí e região, além da presença de representantes das escolas particulares e municipais.

O CENDUS foi fundado em 1996 e realiza trabalhos, por meio de debates, palestras, cursos e seminários, voltado para a população em geral, com o objetivo de incentivar a conscientização da sociedade sobre temas diversos, propiciando melhor qualidade de vida.

“O adolescente deve ser valorizado, principalmente no ambiente escolar, onde os educadores devem procurar sempre tê-los como parceiros, para que se possa conseguir atenuar os problemas de violência sexual, que podem ser detectados no dia-a-dia, na sala de aula”, conclui o professor Onofre Martins, Dirigente Regional de Ensino.

A Dra. Maria Cristina Castilho de Andrade lembra que é preciso proteger os menores da violência e, ao mesmo tempo, tratar dos abusadores.

Durante o Workshop, discutiu-se também o ECA (Estatuto da Criança e Adolescente) com depoimentos ressaltando o quanto a criança e o adolescente sofrem violência sexual de familiares e pessoas próximas a eles; enfatizou-se, ainda, que é importante acionar o Conselho Tutelar sempre que o assunto envolver crianças e adolescentes.

A psicóloga Miriam Maion Codarim falou sobre o quanto a sociedade deve fazer valer a coragem, agir com o coração e denunciar aqueles que abusam dos menores de idade.