quarta-feira, 02/02/2022
Destaque

Volta às aulas: escolas da rede estadual iniciam 2022 com turmas de inglês, tecnologia e projeto de convivência para crianças

Para os jovens, os aprofundamentos formativos do Ensino Médio de São Paulo fazem parte da grade da 2ª série

Nesta quarta-feira (2), 3,5 milhões de estudantes iniciam o ano letivo de 2022 em mais de 5,4 mil escolas estaduais de São Paulo. Com foco na recuperação pedagógica das perdas geradas pela pandemia a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) desenvolveu o planejamento pensando em todas as faixas etárias.

A partir deste ano, por meio do programa Inova Educação, as crianças do 1°ao 5° ano do ensino fundamental vão ter a grade curricular ampliada com mais três disciplinas: Inglês, Tecnologia e Inovação e Projeto de Convivência. As novas disciplinas vão beneficiar cerca de 625 mil estudantes matriculados dos anos iniciais em 1,4 mil escolas estaduais.

A oferta do inglês para os estudantes de 6 a 10 anos junto ao processo de alfabetização, segundo o Secretário Estadual da Educação Rossieli Soares, foi uma grande mudança estruturada junto à rede. Em Tecnologia e Inovação, as crianças vão entrar em contato com aprendizado prático das ferramentas atuais para criação de projetos tecnológicos autorais. Já as aulas de Projeto de Convivência “trabalham o desenvolvimento de habilidades socioemocionais, como empatia, respeito e perseverança, além de rotina de estudos, organização pessoal e compromisso com a comunidade”, completa Rossieli Soares.

Já para os jovens o Ensino Médio São Paulo é a oportunidade de se conectar mais profundamente com o seu Projeto de Vida, focado em seu futuro profissional ou acadêmico. O novo modelo passa estará em 3,7 mil escolas estaduais desta fase de ensino. Sendo que, os quase 400 mil estudantes da 2ª série passam a cursar os aprofundamentos formativos escolhidos no ano passado.

O Ensino Médio de São Paulo garante a continuidade de todas aprendizagens essenciais da formação comum, ou seja, as disciplinas tradicionais como língua portuguesa, matemática e biologia. O aprofundamento significa uma ampliação de possibilidades, resultando em mais conteúdo de interesse pessoal.  No total, são 10 possibilidades: Linguagens, Matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza, além de seis opções integradas entre elas. Além disso, formação técnica e profissional, via cursos do Novotec.

Comprovante de vacinação

Os responsáveis legais pelos estudantes devem apresentar o comprovante de vacinação completa contra Covid-19 do aluno durante o 2º bimestre. A data considera o tempo máximo para um estudante de 5 anos imunizado com a vacina da Pfizer tomar as duas doses. Alunos que não tomaram a vacina por contraindicação médica deverão apresentar atestado.

A falta de apresentação do comprovante não impossibilitará que o estudante frequente a escola ou realize matrícula ou rematrícula, porém a situação deverá ser regularizada em um prazo máximo de 60 dias, pelo responsável, sob a pena de comunicação imediata ao Conselho Tutelar, ao Ministério Público e às autoridades sanitárias, para providências que couber.

As aulas presenciais seguirão todos os protocolos de segurança, como uso de álcool em gel e máscaras, aferição de temperatura e higienização constante dos ambientes e mãos, identificação e afastamento dos casos e monitoramento de seus contactantes, conforme orientação da Comissão Médica da Educação, ratificada pelo Comitê Científico.