22/10/13

61% dos pais de alunos da rede estadual acompanham boletim escolar dos filhos

Categoria

As notas dos mais de quatro milhões de alunos de escolas estaduais também estão disponíveis online

O boletim escolar dos mais de quatro milhões de alunos das escolas estaduais paulistas também está disponível online. A consulta pela internet é oferecida aos pais e estudantes desde 2007, com o objetivo de estimular a comunidade a acompanhar o rendimento dos alunos. A próxima edição, com as notas do bimestre atualizadas, estará no ar a partir dessa semana.

- Acesse aqui a página do boletim escolar

Um levantamento feito pela Educação mostra que a maioria dos pais busca acompanhar o boletim escolar dos filhos, divulgado bimestralmente pelas escolas estaduais. Foi constatado que 61% dos responsáveis buscam compreender a avaliação junto à equipe escolar e o local que preferencialmente é utilizado para a discussão do resultado é na reunião de pais e mestres. O levantamento mostra ainda que outros 17,8% dos pais não costumam se manifestar mediante à publicação das notas.

O questionário foi aplicado nas 91 diretorias de ensino, para que o mapeamento sobre a participação das famílias na vida escolar das crianças e adolescentes fosse identificado em todas as regiões de São Paulo.

Acesso ao boletim

Para acessar o boletim, que também é entregue na versão impressa, é necessário apenas informar o número do Registro do Aluno (RA). Os responsáveis já podem verificar nas escolas as datas agendadas para a reunião de pais e mestres.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Entre os boletins entregues na forma impressa, 80% têm o protocolo de recebimento assinado e devolvido às escolas, de acordo com o levantamento sobre a utilização da ferramenta pedagógica na rede estadual. Em 96% das unidades de ensino são realizadas reuniões entre professores e responsáveis para realizar a entrega.

Outras ações

Além do boletim escolar, a Educação realiza outros projetos focados na aproximação dos familiares. As unidades de ensino possuem conselhos escolares, formados por representantes dos profissionais e, também, pais de alunos.

Confira na galeria de fotos 10 dicas para participar da vida escolar de seu filho!

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Veja 10 dicas para participar da vida escolar e ajudar seu filho nos estudos

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Alexandre Silva e sua filha Maria Eduarda

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 1: O melhor horário para fazer a lição é diferente para cada criança. Estabeleça um período fixo para as tarefas e respeite o tempo de descanso e os intervalos das refeições

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    André Luiz Dias Filho e o pequeno Bruno Dias

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 2: Em uma casa, é difícil estabelecer a lei do silêncio. De qualquer forma, na hora da lição, reserve um espaço com pouca movimentação e sem interferências de TV, rádio ou música

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    O pai Cícero Paulo Flausino acompanhando seu filho Vitor Flausino

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 3: Na sala de aula, cada aluno tem direito a uma carteira. Em casa, não deve ser diferente. Separe para seu filho um lugar para os estudos

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Daniel Alves de Moura com Gabriel Gomes de Moura em seus braços

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 4: A tecnologia é parceira da educação, mas o livro ainda é o principal material didático do seu filho. Por isso, deixe o computador e o tablet para depois das tarefas

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Jairo Teixeira Junior com sua filha Samara Vidalgo Teixeira

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 5: Toda ajuda é sempre bem-vinda, mas alguns pais acabam fazendo o trabalho dos filhos, quando o ideal é fazer junto com eles. Incentive-os a conquistar autonomia

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    José Guilherme Lemes com seu filho Gustavo Fonseca Lemes

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 6: Não saber responder às dúvidas de seus filhos não é o fim do mundo. Para não correr o risco de cometer erros, o melhor é encaminhá-las ao educador

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Luciano Aparecido Vaqueiro faz pose com sua filha Safira Maria Campos

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 7: O processo de aprendizagem varia de criança para criança. De nada adianta estabelecer metas inatingíveis. Reconheça os limites de seu filho e o encoraje a melhorar

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Manuel Messias recebe o carinho dos filhos Enrico Messias e Manuela Messias

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 8: Mantenha um canal de comunicação efetivo com a escola de seu filho, buscando informar-se com o professor sobre as tarefas de casa

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Bianca Félix Brancalhão abraça seu pai Márcio Teixeira Filha

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 9: Troque ideias com seu filho, fazendo perguntas para ajudá-lo. Nunca apague os erros e dê a resposta certa. Lembre-se que a correção é papel do professor

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Laura Carneiro e seu pai Vanderlei da Rocha Carneiro

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 10: Incentive a criança a sempre tentar de novo, a ler com atenção e refazer os exercícios. Faz parte do processo de aprendizagem as várias tentativas

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Aliquid fuga?