22/03/16

Dia Mundial da Água é celebrado nesta terça-feira (22)

Categoria

Escolas estaduais possuem inúmeros projetos de uso consciente da água

Nesta terça-feira (22), é celebrado o Dia Mundial da Água, data escolhida em 1992 pela Organização das Nações Unidades (ONU) para discutir o tema em todo o mundo. E na rede estadual, o uso consciente do líquido, indispensável para qualquer modo de vida, está presente com diversas ações e projetos de alunos voltados para o tema.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Também nesta terça-feira, o Governo do Estado de SP, por meio da Sabesp, lança uma cartilha com a Turma da Mônica para orientar os estudantes sobre a preservação de mananciais. A iniciativa conta com a participação da Secretaria Estadual de Saneamento e Recursos Hídricos e da Educação.    

Confira a seguir alguns projetos com o uso consciente da água que acontecem na rede estadual:

Projeto sustentável vence Prêmio Gestão Escolar

Na E.E. Antonio Kassawara Katutok, localizada no município de Gabriel Monteiro, na região de Birigui, os alunos da escola criaram diversas ações sustentáveis: a instalação de um sistema econômico e ecológico de captação de água, um bosque, uma horta, processo compostagem, e uma ação contra o desperdício de alimentos. Todos os processos são interligados. A água da chuva captada é utilizada para regar o bosque e a horta, as verduras colhidas na horta são usadas na merenda e os alimentos desperdiçados na merenda são transformados em adubo no processo de compostagem e utilizado na própria horta da escola.

O protagonismo juvenil que permeia todas as ações pedagógicas da escola e a gestão democrática e colaborativa, na qual todos têm autonomia, fizeram com que os alunos conquistassem o primeiro lugar na 16ª edição do Prêmio Gestão Escolar, no “Destaque Estadual”. Saiba mais aqui.

Projeto de árvores nativas com uso de água da chuva

Tema presente na sociedade contemporânea, o reflorestamento de áreas desmatadas também acontece na rede estadual de ensino. Localizada no município de Marília, a E.E. Padre João Walfredo Rothermund realiza, desde 2008, o projeto “Sustentabilidade e Recursos Naturais”, que consiste em oferecer aos estudantes a experiência de plantar uma árvore nativa em áreas de mananciais, morros, encostas e florestas nativas, que necessitem de reflorestamento.

Para realizar o projeto, são utilizadas caixas de leite onde, após um período de aproximadamente um ano em germinação, as sementes das árvores são plantadas. Todo o processo é bombeado por água da chuva, captada também de forma sustentável. “Nós conseguimos fazer um processo de captação de água da chuva em cima do telhado da quadra, por meio de canos. Essa água é bombeada diretamente para as caixas de leite”, afirma Dorival Vitori, professor de Geografia e um dos idealizadores do projeto. Saiba mais aqui.

Horta hidropônica em Suzano

Conhecida por ser uma escola que se preocupa com a conscientização ambiental dos alunos e da comunidade, a E.E. Professor Tochichico Yochicava, localizada em Suzano, possui inúmeros projetos voltados para o meio ambiente. Entre eles, destaca-se a “Horta Hidropônica”, que consiste no plantio de alimentos, que são suspensos no ar por meio de calhas especiais.

A ação tem como objetivo o uso consciente da água, além da cultivação de alimentos, que são usados na merenda escolar. “Em média, colhemos 200 pés de alface em 32 dias de plantio, por exemplo. Também plantamos outros tipos de alimentos. Isso varia de acordo com o gosto dos alunos”, afirma Ana Maria Gonçalves Dieguez, diretora da unidade de ensino. Saiba mais aqui.

Projetos com uso consciente da água

Alguns alunos das escolas estaduais de São Paulo encontraram no meio ambiente uma oportunidade para criar e desenvolver projetos científicos. As soluções encontradas vão desde um sistema de irrigação com garrafas PET, um coletor da água de chuva de baixo custo e até o uso da matemática em dispositivos de controle de vazão e economia de água nas unidades de ensino. Conheça os projetos.  

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Aliquid fuga?