05/07/13

Secretaria da Educação contará com mais de 800 novos cargos

Categoria

Governador anuncia hoje (5) criação dos cargos de analista de tecnologia e administrativo

Mais de 800 novos cargos integrarão o quadro da rede estadual de ensino. O anuncio foi feito, hoje (5), pelo governador Geraldo Alckmin e pelo secretário da Educação Herman Voorwald.

As 91 diretorias de ensino e os órgãos centrais da Secretaria da Educação vão contar, pela primeira vez, com o cargo de analista de tecnologia. Serão 400 postos para a função inédita na rede estadual, que tem como salário inicial R$ 2.169, com jornada de trabalho de 40 horas semanais. Para a convocação destes servidores, a Secretaria organiza novo concurso, com edital e datas de provas a serem definidos por sanção do governador.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Além desses cargos, a Secretaria também vai ampliar a contratação de analistas administrativos. São mais 418 profissionais na área, com mesmo salário dos servidores de tecnologia, totalizado 818 postos. A seleção para esta categoria já está em andamento. Os interessados fizeram a prova em maio e, inicialmente, estavam previstas 182 vagas.  Com a ampliação, serão 600 oportunidades para estes servidores. 

Funções

São funções do analista de tecnologia o desenvolvimento de atividades especializadas em informatização dos processos administrativos e em infraestrutura. A atuação deles é focada nos núcleos de informática e de edificação, departamento de extrema importância para a execução das obras, por exemplo. Já os novos analistas administrativos são convocados para atuar nas diretorias de ensino. Eles são responsáveis por auxiliar na gestão de recursos humanos, de compra de material, além da gestão financeira.

Outros anúncios

Na ocasião, ainda foi anunciado concurso para 59 mil vagas de professores, a nomeação de agentes de organização escolar e a autorização de cargos de executivo público e oficial administrativo. 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Aliquid fuga?