segunda-feira, 14/04/2014
Pais e Alunos

Estudantes refletem, em debate, sobre como combater o bullying na rotina escolar

Alunos refletiram sobre como o respeito às diferenças pode melhorar o ambiente na escola

Como o meu comportamento pode interferir no bem-estar do meu próximo? Essa questão foi debatida entre os alunos da E.E. Alexandre Gusmão, no Ipiranga, zona sul da capital paulista.

Estudantes conversaram sobre assuntos presentes na rotina escolar como o bullying, diferenças e a tolerância. Os temas abordados tinham o objetivo de trazer para a reflexão temas como limite para as brincadeiras e comportamentos que podem ofender.

Sentados em semicírculo, os estudantes colocaram em pauta situações que observaram dentro da escola e em quais problemas implicaram. Confira no vídeo!

A Educação atua no combate ao bullying nas mais de cinco mil escolas da rede estadual de ensino. A campanha “Chega de bullying, não fique calado”, a formação de professores mediadores e o Sistema de Proteção Escolar são algumas das iniciativas desenvolvidas.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Chega de Bullying

A campanha “Chega de bullying, não fique calado”, iniciada em 2011 pelo Cartoon Network em parceria com a Educação, tem como objetivo proporcionar aos professores, estudantes, pais e funcionários das instituições de ensino maneiras práticas para lidar com o problema que afeta milhões de jovens em todo o mundo. Acesse os kits sobre o bullying que serão usados em escolas da América Latina.

Professores mediadores

A formação de professores mediadores tem aumentado em todo Estado. Nos últimos três anos, a presença destes educadores mais do que dobrou nas escolas estaduais. Atualmente, são 2.886 docentes atuantes e, no início do projeto, em 2010, eram 1.156, números que apontam um crescimento de 149%.

Sistema de Proteção Escolar

Desde 2009, a Educação desenvolve o Sistema de Proteção Escolar, que se caracteriza por um conjunto de métodos e ações interdependentes voltados à melhoria das relações de convivência nas escolas, à integração entre as unidades escolares e a rede de garantia dos direitos da criança e do adolescente e à proteção da comunidade escolar e do patrimônio público.

https://www.youtube.com/watch?v=pazvo7LPiTc