terça-feira, 09/02/2021
Educação Especial

Escola estadual referência em educação especial inicia ano letivo em Poá e recebe Secretário da Educação

Rossieli Soares conversou com professores, alunos e verificou o cumprimento dos protocolos sanitários

O secretário estadual da Educação Rossieli Soares esteve na manhã desta terça-feira (9) na Escola Estadual Professora Vera Lucia Torres Rodrigues Affonso, em Poá, para acompanhar o início do ano letivo. Embora o Governo do Estado tenha autorizado a reabertura das escolas estaduais na segunda (8), em Poá a retomada ocorreu nesta terça por conta de um decreto municipal.

Na Escola Professora Vera Lucia Torres Rodrigues Affonso, Rossieli foi recebido pelos alunos da educação especial. Os estudantes tocaram e cantaram uma música, em seguida Letícia Cristina Batista de Souza, de 14 anos, aluna do 8º ano, que possui síndrome de Down apresentou os espaços físicos da escola aos visitantes.

“Já avançamos muito, mas ainda temos um desafio gigantesco na educação especial. Com o Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE-SP), já temos uma verba específica para as salas de recursos, que atendem aos estudantes da educação especial. Emocionante conhecer o trabalho desta escola”, destacou o secretário Rossieli Soares.

A diretora da escola Linda Lacerda de Souza Barros conta que a unidade é reconhecida pelo bom trabalho que realiza com os alunos da educação especial.
“Trabalhamos para que eles tenham visibilidade e sintam que têm um lugar no mundo. Trabalho igualmente com alunos, professores e pais porque todos somos diferentes e somos capazes. Só faço o que gostariam que tivessem feito com a minha filha”, afirma Linda, que tem uma filha com deficiência, Alexia, de 15 anos.

Rossieli também pode conversar com os alunos, acompanhar as atividades de acolhimento e reforçar a importância de os estudantes retomarem as aulas presenciais, seguindo as medidas sanitárias indicadas por especialistas.

Um investimento de R$ 285 mil reais do PDDE-SP garantiu que a escola adquirisse câmeras de segurança e alarme, bebedouro, insumos de higiene, reformasse banheiros e adequasse a secretaria e a entrada da escola visando a segurança dos alunos.
A unidade de Poá também recebeu investimentos na área de tecnologia como notebooks, computadores e televisões.