quarta-feira, 12/08/2020
Professores e Funcionários

Professores da rede estadual ainda podem participar do curso ‘Tecnologias na Prática’

Dois módulos da formação online já estão disponíveis na plataforma da EFAPE; docentes podem acessar até o dia 17 de agosto, data da publicação do último modulo

Até o dia 17 de agosto, os professores que não acessaram o curso ‘Tecnologias na Prática’ ainda têm oportunidade de participarem da formação. Para isso basta realizar o login ,o ambiente AVA, no site da Escola de Formação dos Profissionais da Educação (EFAPE) e ter acesso aos conteúdos assim que clicar no termo de aceite.

A formação prepara os educadores para utilização de tecnologias no planejamento metodológico das aulas em diferentes formatos e possibilidades. O curso é online e está dividido em três módulos compostos por vídeos, textos, além da possibilidade de interação por meio da comunidade virtual de aprendizagem. Os dois primeiros já estão disponíveis, já o terceiro deve ser disponibilizado, também, no dia 17.

No primeiro módulo serão abordados diversos assuntos, como o ensino remoto e híbrido, além do uso de metodologias ativas. O módulo também apresenta como a tecnologia pode ampliar as possibilidades dentro dos planos de aulas, otimizar o trabalho do professor e contribuir com a aprendizagem do estudante.

No segundo módulo, os docentes podem aprender um pouco mais sobre os recursos das ferramentas tecnológicas e as oportunidades de interatividades possíveis com o Google Classroom e Microsoft Teams. Os participantes também podem entender mais sobre o funcionamento do Centro de Mídias SP.

Por fim, o último módulo abordará de forma prática, como essas tecnologias devem ser implementadas na rotina docente. Vai fornecer, por exemplo, dicas de como criar um roteiro, utilizar a iluminação e fazer o melhor enquadramento para gravação de videoaulas, informações sobre como fazer transmissões ao vivo, criação de cenário e técnicas de edição.

A formação é direcionada a todos os professores (inclusive os eventuais), diretores de escola, vices, professores coordenadores, professores coordenadores de núcleo pedagógico, diretores dos núcleos pedagógicos e supervisores de ensino. O curso não é obrigatório, porém fundamental para contribuir com o desenvolvimento das habilidades e competências dos educadores que cada vez mais terão de utilizar a tecnologia como aliada do ensino.