quarta-feira, 12/03/2008
Últimas Notícias

Secretaria define 50 mil vagas para ensino técnico na Grande São Paulo; início será com 2º ano

Alunos poderão cursar Gestão de Pequenas Empresas já neste ano Os estudantes de Ensino Médio do Estado terão a partir deste ano uma novidade proporcionada pela Secretaria de Estado da Educação: cursos técnicos gratuitos em Gestão de Pequenas Empresas. A pasta definiu que esta modalidade será oferecida a 50 mil alunos, todos da Grande São […]

Alunos poderão cursar Gestão de Pequenas Empresas já neste ano

Os estudantes de Ensino Médio do Estado terão a partir deste ano uma novidade proporcionada pela Secretaria de Estado da Educação: cursos técnicos gratuitos em Gestão de Pequenas Empresas. A pasta definiu que esta modalidade será oferecida a 50 mil alunos, todos da Grande São Paulo, a partir do 2º ano. Somente para a capital serão cerca de 24 mil vagas.

O Diário Oficial do Estado trouxe as regras de como será oferecido o ensino técnico. A Secretaria definiu quantas vagas haverá pode região da Grande São Paulo. O número poderá sofrer alteração apenas pela identificação de demanda diferente.

O curso técnico será semipresencial, no modelo Tele Curso Técnico, em parceria com o Centro Paula Souza, referência na área. A Secretaria estuda a forma de seleção dos alunos que poderão participar e pretende ampliar a oferta gradativamente. A idéia é, após esta fase inicial na Grande São Paulo, levar o projeto para interior e litoral do Estado. A Secretaria estima o gasto de R$ 40 milhões para treinamento, equipamentos e materiais didáticos.

Certificado pelo Paula Souza em parceria com a Fundação Roberto Marinho, o curso terá duração de três semestres. O aluno deve começar a cursá-lo no 2º ano, nos períodos noturno e diurno. Serão seis aulas semanais. As classes irão variar de 35 a 43 alunos.

Ao se interessar pelo curso, o aluno deverá solicitar por escrito sua participação. Os alunos que preferirem poderão continuar os estudos utilizando este período para recuperação do aprendizado.

“É um projeto importante, que segue o determinado na Lei de Diretrizes e Bases da Educação. É uma novidade em todo o Brasil. Um incentivo aos alunos, um novo caminho”, afirma a secretária de Estado da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro.

Outras modalidades estão sendo estudadas para implantação. As aulas do Tele Curso Técnico serão ministradas em sala de aula específica. O quadro de professores que irão exercer as funções de Orientador de Aprendizagem e de Tutor de Alunos deverá ser composto e formalizado até 14 de março.

Para receber os cursos as escolas deverão ter salas de aula disponíveis. Se não houver, a Secretaria colocará o curso em unidade próxima, podendo assim as aulas acontecer até aos sábados.

Os professores responsáveis pelas novas aulas técnicas serão, preferencialmente, da mesma escola e receberão por maior carga horária ou carga horária suplementar.

1 Localidade n° de vagas
2 DE SP CENTRO-OESTE 975
3 DE SP CENTRO 790
4 DE LESTE 5 1060
5 DE CENTRO SUL 825
6 DE SÃO BERNARDO DO CAMPO 1350
  TOTAL 5000
     
7 DE  SANTO ANDRÉ 1776
8 DE TABOÃO DA SERRA 1380
9 DE LESTE 1 2134
10 DE LESTE 4 2032
11 DE NORTE 2 1536
12 DE NORTE 1 2469
13 DE OSASCO 1768
14 DE SP LESTE 3 1822
15 DE SP SUL 1 2399
16 DE ITAQUAQUECETUBA 1490
17 DE MOGI DAS CRUZES 1194
  TOTAL 20000
     
18 DE  GUARULHOS SUL 2027
19 DE DIADEMA 1353
20 DE MAUÁ 2103
21 DE CARAPICUÍBA 2150
22 DE GUARULHOS NORTE 2085
23 DE SP SUL 3 2918
24 DE ITAPEVI 1890
25 DE SP SUL 2 2618
26 DE SP LESTE 2 2850
27 DE SUZANO 1733
28 DE ITAPECIRICA DA SERRA 1253
29 DE CAIEIRAS 2020
  TOTAL 25000
  TOTAL GERAL 50000