sexta-feira, 10/05/2013
Professores e Funcionários

“Ser mãe é maravilhoso e ser professora é a continuação disso”

Conheça a história de Célia Cortez, professora da E.E. Tereza Delta, em S.Bernardo do Campo

Aos 37 anos a vida de Célia Cortez mudou completamente. Foi com essa idade que a mãe de Renato, Paulo Gustavo e Wilson Júnior começou a cursar a faculdade de Letras para se tornar professora. E a inspiração para voltar para as salas de aula e seguir carreira como educadora veio dos filhos.

“Resolvi ser professora porque meu filho mais velho, na idade escolar, apresentava um distúrbio de aprendizagem que ninguém conseguia diagnosticar. Até que descobri que ele era dislexo. O mesmo aconteceu com o filho mais novo, foi aí que decidi voltar a estudar”, revela a professora.

Com a experiência que ganhou com os estudos e como professora de Língua Portuguesa e Inglês, Célia orientou e estimulou seus filhos em casa. E o esforço valeu a pena. Hoje, além de estarem formados, a professora de 52 anos utiliza sua experiência para auxiliar seus alunos e revela que aliar o interesse maternal com a profissão foi algo muito importante para sua vida.

“Ser mãe é a coisa mais gostosa que uma mulher pode sentir e ser professora é uma continuação disso. Também me sinto um pouco mãe dos meus alunos”.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Assim como Célia, a rede estadual está repleta de histórias de mães batalhadoras que venceram e também se inspiraram nos seus filhos para serem melhores. No Dia das Mães, a Secretaria da Educação parabeniza você, Célia, e parabeniza todas as demais mães da rede estadual que com suas histórias fazem essa data ser ainda mais especial.

– Conheça aqui a biografia de mulheres exemplares que fizeram diferença na educação do país e, certamente, na vida de seus filhos e alunos.