04/11/13

Educação lança projeto piloto para ensinar inglês a partir dos 6 anos em escolas estaduais


Parceria entre Secretaria e a Holanda possibilita ensino inédito do idioma do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental; projeto-piloto já terá 1,5 mil alunos

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo começa a oferecer de forma inédita aulas de inglês para alunos da rede estadual a partir dos 6 anos de idade. Um projeto-piloto, desenvolvido em parceria com o Ministério da Educação e Cultura da Holanda, implantará este ano o ensino da Língua Inglesa para 1,5 mil estudantes dos 1°, 2° e 3° anos do Ensino Fundamental de 10 escolas estaduais de diferentes regiões do Estado. É a primeira vez que o idioma será oferecido para este público.

Será utilizado o método de ensino Early Bird, com assessoria da Universidade de Ciências Aplicadas de Roterdã (RUA). É uma metodologia de ensino diferente, especializada na faixa-etária estipulada como alvo, que trabalha a oralidade sem comprometer a alfabetização. O lançamento do projeto contou com a presença do secretário da Educação, professor Herman Voorwald, e dos 60 educadores da rede estadual que serão os primeiros a oferecer estas aulas de inglês já a partir deste mês.

        A inovação está articulada ao programa Ler e Escrever e será inserida na grade curricular das escolas. Os alunos terão aulas duas vezes por semana.  Para os professores, a Secretaria implantou na Escola de Formação e Aperfeiçoamento do Professor (Efap) um curso especializado com duração de uma semana. A abertura da formação nesta segunda-feira teve a participação, por videoconferência direto da Holanda, com o professor Karel Philipsen. Ele é diretor do Centro Early Bird, que inspirou o projeto paulista.

 

O projeto começa nestas primeiras 10 escolas (veja lista abaixo) e no próximo ano letivo, mais 40 unidades de ensino de outras 40 diretorias de ensino oferecerão  as aulas para cerca de 8 mil crianças a partir dos 6 anos.

"A rede de ensino paulista mais uma vez é pioneira na oferta de novas metodologias de ensino. Ampliar a oferta de aulas de idiomas faz parte da política prioritária da Secretaria, exemplificada pelos cursos online de inglês e espanhol oferecidos a alunos e servidores e também pelos 224 Centros de Estudos de Línguas que oferecem aulas de até 7 idiomas aos estudantes da rede", afirma o secretário da Educação, professor Herman Voorwald.

A parceria com Holanda foi firmada por ser um país referência no ensino do segundo idioma durante a alfabetização.

Diretorias regionais de ensino onde é feito o projeto-piloto:

Diretoria de Ensino

Escola

Alunos

Assis

E.E. Joaquim Gonçalves

54

Diadema

E.E. José Piaulino

81

Guarulhos Sul

E.E. João Crispiniano Soares

216

Itapecerica da Serra

E.E. Pedro Villas Boas de Souza

405

Jacareí

E.E. Professora Celisa Mercadante

162

Lins

E.E. José Ariano Rodrigues

135

Ourinhos

E.E. Orlando Quagliato

54

Santos

E.E. Marechal do Ar Eduardo Gomes

108

São Paulo - Sul 3

E.E. Padre Francisco João de Azevedo

189

Suzano

E.E. Benedita de Campos Marcolongo

189

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Aliquid fuga?