Últimas Notícias

Grupo Balaio de Gato se apresenta no Sesc Vila Mariana

Alunas da EE Eugênio Euclydes Pereira da Motta, de Porto Feliz, tocam e encantam no Dia da Criança Nesta terça-feira, dia 12, Dia da Criança, o grupo de chorinho Balaio de Gato, de Porto Feliz, se apresentou na Praça de Eventos do Sesc Vila Mariana, para um público que ia dos 8 aos 80. No […]

Alunas da EE Eugênio Euclydes Pereira da Motta, de Porto Feliz, tocam e encantam no Dia da Criança

Nesta terça-feira, dia 12, Dia da Criança, o grupo de chorinho Balaio de Gato, de Porto Feliz, se apresentou na Praça de Eventos do Sesc Vila Mariana, para um público que ia dos 8 aos 80. No repertório, clássicos do choro de Pixinguinha, Benedito Lacerda, Jacob do Bandolim, entre outros, além de composições próprias.

A carreira do grupo começou há dois anos, quando as irmãs Corina, Lia e Elisa Meyer Ferreira decidiram unir seus instrumentos para tocarem juntas a mais tradicional música brasileira, o Choro. Logo depois, o pai (Eduardo Roque da Silva Ferreira) começou a tocar pandeiro para acompanhar as filhas. O conjunto costuma se apresentar com mais dois convidados, um violonista e um cavaquinista.

Corina (flautista de 15 anos), Lia (violonista de 13) e Elisa (bandolinista de 10), conhecidas também como as “Meninas do Choro”, já tocaram com os melhores chorões do país, como Luizinho 7 cordas, Maurício Carrilho, Conjunto Época de Ouro, Milton Móri, Zé Barbeiro, Ed Gagliardi, Alessandro Penezzi entre outros.

Alunas da EE Eugênio Euclydes Pereira da Motta (Porto Feliz) e do Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos Campos de Tatuí, ainda encontram tempo entre uma e outra apresentação, para freqüentar as famosas Rodas de Choro de São Paulo. Lá, aprendem com músicos profissionais e especializados na área, toda uma técnica e linguagem própria, que só os chorões possuem.

Vencedor no ano passado do 1º Festival de Música Adoniran Barbosa, promovido pela Secretaria Estadual da Educação, conquistando o primeiro prêmio, o grupo já se apresentou diversas vezes na sala Guiomar Novaes, da Funarte, acompanhadas pelo conjunto “ShowroArt”. Participou, também, de vários programas de TV, inclusive o Programa do Jô e realizou o 1º Encontro de Chorões do Estado de São Paulo – um encontro histórico, reunindo mais de 100 músicos de choro.