26/11/13

Pesquisa inédita revela que sete em cada 10 pais participam da vida escolar dos filhos

Categoria

Questionário do Saresp aplicado a 1 milhão de estudantes mostra que a mãe é mais participativa

A Educação acaba de divulgar um mapeamento inédito sobre a participação dos pais na vida escolar dos alunos da rede estadual de ensino. A pesquisa avaliou uma amostragem de 1 milhão de alunos, representativa dos 4,3 milhões de estudantes da rede. O objetivo foi detectar o acompanhamento dos responsáveis na lição de casa, ferramenta aliada do ensino e que auxilia na aproximação das famílias da rotina das mais de 5 mil escolas estaduais de São Paulo.

Para fazer o mapeamento, a Educação utilizou os dados dos questionários aplicados ano passado durante o Saresp (Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar), respondidos por 251.892 estudantes dos 3º e 5º anos do Ensino Fundamental e 847.477 alunos dos 7º e 9º anos do Ensino Fundamental, além da 3ª série do Ensino Médio. As provas que avaliam o sistema de ensino da rede estadual paulista deste ano ocorrem nessa terça (26) e quarta-feira (27).

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Foi constatado que 70,3% das crianças e adolescentes recebem algum tipo de ajuda dos pais na hora do dever de casa. Além disso, foi observado que quanto mais novo o aluno, maior o índice de participação dos pais. Enquanto 17% dos alunos do 7º ano disseram que os responsáveis nunca ajudam no dever escolar, entre os estudantes do Ensino médio a parcela que não conta com o apoio sobe para 45,7%, quase três vezes superior.

Já entre os estudantes com menos de 12 anos (3º e 5º anos) apenas 5% ficam sem assistência da família na hora da lição e, para essa faixa etária, a mãe foi apontada como a mais participativa nas tarefas (61%). O levantamento mostra ainda que um em cada três estudantes conta com o apoio dos pais na hora do dever (33,9%). Esta questão foi de múltipla escolha – mais de um parente poderia ser apontado – e a parcela de alunos que indicou os irmãos como ajudantes somou 26,8%.

"A participação dos pais na vida escolar dos filhos é fundamental para o desenvolvimento das crianças e adolescentes, além de trazer qualidade para o próprio ambiente escolar. Seja por meio do acompanhamento do boletim bimestral ou das tarefas de casa, essa parceria entre a escola e a família é a base para uma formação de mais qualidade", afirma o secretário da Educação, professor Herman Voorwald.

Além do dever, as unidades de ensino do Estado também oferecem bimestralmente o boletim escolar para que os responsáveis acompanhem o desempenho dos filhos. A Secretaria disponibiliza o boletim nas versões online e impressa.  Para acessar, é necessário apenas informar o número do Registro do Aluno (RA) aqui no Portal da Educação. Acesse aqui!

Outro levantamento identificou que 61% dos pais e responsáveis buscam acompanhar as notas dos filhos junto às unidades escolares e o local preferido para discussão é a reunião de pais e mestres organizada pelas escolas. A orientação para todas as famílias e comunidade é manter um canal de contato com as direções escolares e sempre participar dos encontros realizados regularmente pelas instituições de ensino. Saiba mais aqui.

 

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Veja 10 dicas para participar da vida escolar e ajudar seu filho nos estudos

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Alexandre Silva e sua filha Maria Eduarda

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 1: O melhor horário para fazer a lição é diferente para cada criança. Estabeleça um período fixo para as tarefas e respeite o tempo de descanso e os intervalos das refeições

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    André Luiz Dias Filho e o pequeno Bruno Dias

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 2: Em uma casa, é difícil estabelecer a lei do silêncio. De qualquer forma, na hora da lição, reserve um espaço com pouca movimentação e sem interferências de TV, rádio ou música

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    O pai Cícero Paulo Flausino acompanhando seu filho Vitor Flausino

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 3: Na sala de aula, cada aluno tem direito a uma carteira. Em casa, não deve ser diferente. Separe para seu filho um lugar para os estudos

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Daniel Alves de Moura com Gabriel Gomes de Moura em seus braços

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 4: A tecnologia é parceira da educação, mas o livro ainda é o principal material didático do seu filho. Por isso, deixe o computador e o tablet para depois das tarefas

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Jairo Teixeira Junior com sua filha Samara Vidalgo Teixeira

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 5: Toda ajuda é sempre bem-vinda, mas alguns pais acabam fazendo o trabalho dos filhos, quando o ideal é fazer junto com eles. Incentive-os a conquistar autonomia

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    José Guilherme Lemes com seu filho Gustavo Fonseca Lemes

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 6: Não saber responder às dúvidas de seus filhos não é o fim do mundo. Para não correr o risco de cometer erros, o melhor é encaminhá-las ao educador

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Luciano Aparecido Vaqueiro faz pose com sua filha Safira Maria Campos

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 7: O processo de aprendizagem varia de criança para criança. De nada adianta estabelecer metas inatingíveis. Reconheça os limites de seu filho e o encoraje a melhorar

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Manuel Messias recebe o carinho dos filhos Enrico Messias e Manuela Messias

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 8: Mantenha um canal de comunicação efetivo com a escola de seu filho, buscando informar-se com o professor sobre as tarefas de casa

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Bianca Félix Brancalhão abraça seu pai Márcio Teixeira Filha

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 9: Troque ideias com seu filho, fazendo perguntas para ajudá-lo. Nunca apague os erros e dê a resposta certa. Lembre-se que a correção é papel do professor

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Laura Carneiro e seu pai Vanderlei da Rocha Carneiro

  • Foto: A2 Fotografia / José Luis da Conceição

    Download

    Dica 10: Incentive a criança a sempre tentar de novo, a ler com atenção e refazer os exercícios. Faz parte do processo de aprendizagem as várias tentativas

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Aliquid fuga?