segunda-feira, 30/07/2012
Imprensa

118 mil alunos da rede estadual voltam às aulas quarta-feira na Baixada Santista

Para o recomeço das atividades escolares, a Secretaria da Educação distribuiu 33,9 milhões de exemplares do Caderno do Aluno, 1,1 milhão deles destinados às escolas da região, para utilização nos meses de agosto e setembro Desenvolvido pelo programa São Paulo Faz Escola, o material de apoio curricular representa investimento total de R$ 14,9 milhões, sendo R$ […]

Para o recomeço das atividades escolares, a Secretaria da Educação distribuiu 33,9 milhões de exemplares do Caderno do Aluno, 1,1 milhão deles destinados às escolas da região, para utilização nos meses de agosto e setembro

Desenvolvido pelo programa São Paulo Faz Escola, o material de apoio curricular representa investimento total de R$ 14,9 milhões, sendo R$ 496,5 mil para as unidades de ensino locais

 

Cerca de 4,3 milhões de alunos das 5.300 escolas estaduais voltam às aulas quarta-feira, dia 1º de agosto. Somente na Baixada Santista, são 117.970 estudantes de 242 unidades de ensino. Para o recomeço das atividades escolares, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo distribuiu 33,9 milhões de exemplares do volume 3 do Caderno do Aluno para 3,6 milhões de estudantes das 4.300 escolas de ciclo II do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e do Ensino Médio da rede estadual.

Com aporte de R$ 496,5 mil, as unidades localizadas na Baixada Santista receberam 1,1 milhão de cadernos, sendo 548.780 exemplares para a cidade de Santos e 579.820 para as escolas situadas em São Vicente.

Desenvolvido pelo programa São Paulo Faz Escola, o material representa um investimento total de R$ 14,9 milhões da Pasta e contém as atividades, baseadas no Currículo Oficial do Estado de São Paulo, a serem desenvolvidas durante os meses de agosto e setembro.

A Secretaria também entregou 657 mil exemplares do material aos 82 municípios conveniados ao programa, com um investimento adicional de R$ 289,2 mil.

A distribuição contempla oito cadernos para cada ano do ciclo II do Ensino Fundamental, sendo um exemplar por disciplina (língua portuguesa, arte, língua estrangeira moderna – inglês, educação física, matemática, geografia, história e ciências). Para o Ensino Médio, foram entregues 12 cadernos a cada série, também um por disciplina (língua portuguesa, arte, língua estrangeira moderna – inglês, educação física, matemática, geografia, história, filosofia, sociologia, química, física e biologia).

 

Cadernos em Braille

A Secretaria investiu ainda R$ 803 mil na produção de 13,7 mil exemplares em Braille, realizada pela Fundação Dorina Nowill, para atender aos estudantes com deficiência visual. Do total, 7.300 volumes foram entregues no primeiro semestre deste ano. Os outros 6.400 serão distribuídos ao longo deste semestre, sendo 3.300 do volume 3 e 3.100 do volume 4 do Caderno do Aluno.

 

Sobre o Programa São Paulo Faz Escola

O São Paulo Faz Escola é um programa de cunho pedagógico, que prevê a distribuição de material de apoio curricular às escolas para uso de alunos e professores da rede estadual ou de municípios conveniados.

Voltado aos estudantes do ciclo II do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, o programa dispõe de Cadernos do Professor e do Aluno, que são elaborados pela Secretaria da Educação com base no conteúdo das disciplinas da grade curricular. Durante o ano, os alunos recebem quatro volumes, um para cada bimestre.