segunda-feira, 18/01/2016
Pais e Alunos

Aprenda matemática de forma divertida nas férias

Tabuada, métrica e frações são opções para estudar durante o mês de janeiro

Durante as férias escolares os alunos podem estudar matemática em casa e de forma divertida. A equipe de matemática da Educação reuniu uma série de atividades para aproximar pais e crianças dos números.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

O objetivo é fazer com que eles aproveitem situações como ir para a feira, preparar almoço ou mesmo assistir um filme para aprender mais sobre a disciplina. Os professores utilizaram as orientações do programa pedagógico EMAI, adotado para os Anos Iniciais do Ensino Fundamental, para propor exercícios a uma geração que já nasce em contato com computadores, mas pode aproveitar os espaços e ferramentas.

Confira algumas dicas:

Feira e supermercado

Na hora de ir ao mercado ou à feira livre, leve junto caderno e lápis. A ideia é que eles façam anotações e ajudem a comparar os preços dos produtos. O ambiente também é ideal para ensinar a leitura de quilogramas, litros e metros. Deixe que ele veja o resultado na balança, por exemplo. No caixa, se o pagamento for em dinheiro, peça às crianças para conferirem o troco.

Cinema e música

Alguns filmes também trazem a Matemática como tema central. É o caso de Mentes que Brilham, A Corrente do Bem e Uma Mente Brilhante. Esse último narra a vida do famoso matemático John Forbes Nash. A disciplina também foi citada em música: Aula de Matemática, de Tom Jobim, e Os Números, de Raul Seixas.

Esportes

Para os amantes de esporte, o futebol é uma ótima fonte de aprendizado da Matemática. Sugestões não faltam. Sugira uma pesquisa sobre as dimensões da área do campo, a velocidade da bola, os quilômetros percorridos por cada time, a capacidade limite das arquibancadas, entre outros pontos.

Cozinha

Se a criança gosta de se aventurar na cozinha, a dica é colocar a mão na massa. Para não errar e fazer uma receita deliciosa, explique a importância das frações e medidas. É possível também conduzir a leitura dos rótulos e checar a quantidade (em porcentagem) de sódio, açúcar, calorias, gordura e por aí vai.