terça-feira, 03/08/2021
Notícia

Canal de Educação Infantil do Centro de Mídias SP apresenta novos conteúdos ao vivo e inéditos

A ação é uma parceria entre as Secretarias da Educação do Estado de São Paulo e Municipal de Educação de São Paulo; secretários participaram de transmissão de lançamento

O Canal de Educação Infantil do Centro de Mídias SP (CMSP) agora conta com uma nova programação com aulas ao vivo e inéditas realizadas pelos professores da rede municipal de São Paulo. A ação é uma parceria entre a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) e Secretaria Municipal de Educação de São Paulo. Os secretários das pastas Rossieli Soares e Fernando Padula Novaes, participaram da transmissão de lançamento esta terça-feira (3).

“Nós na Secretaria de Estado temos o Centro de Mídias, muito bacana, mas quem entende mais de Educação Infantil são vocês [da rede municipal]. Essa parceria, essa ajuda é muito bacana”, declarou Rossieli Soares.

“Os nossos alunos da rede municipal também vão poder acessar o Centro de Mídias com os dados patrocinados pelo estado. Tanto os professores, quanto os alunos vão poder acessar todo conteúdo que o Centro de Midas já disponibiliza para a rede estadual”, explicou Fernando Padula Novaes.

A partir deste semestre, além dos conteúdos disponibilizados por parceiros as crianças, mães, pais, responsáveis e ĺprofessores também vão assistir e participar de aulas exclusivas segunda a sexta, das 12h às 14h. Nesta terça, por exemplo, a aula é sobre o direito de aprendizagem: brincar, expressar, participar, conviver, explorar, conhecer-se e foi comandada pelas professoras da rede municipal, Ellis Barbosa e Talita Alves.

“O professor tem essa natureza de brincar, de construir, de explorar, de ressignificar. Então, a gente alia o Centro de Mídias, que oferece a tecnologia, e traz a nossa prática e nossa dinâmica de sala de aula para este espaço”, disse Ellis Barbosa.

Sobre o CMSP

O Centro de Mídias SP é uma plataforma de aulas mediadas por tecnologia que foi implementada em abril de 2020 pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP). Pelo aplicativo, os estudantes têm acesso às aulas em tempo real, interagem e tiram dúvidas com os professores das suas turmas, que também podem transmitir aulas pelo aplicativo.

“O conteúdo ao vivo gera mais engajamento e proximidade com os estudantes, seus responsáveis e professores. O vínculo se fortalece e é especialmente importante pensando nas crianças”, ressalta Bruna Waitman, coordenadora do CMSP.