terça-feira, 19/01/2010
Últimas Notícias

Encceja tem 7.591 inscritos em unidades prisionais

Número inscritos geral em todo o Estado é o maior dos últimos oito anos. Avaliação acontecerá em 123 municípios paulistas  O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), nível fundamental, terá este ano um número de recorde de participantes no estado de São Paulo. No total, 138.090 inscritos devem fazer a […]

Número inscritos geral em todo o Estado é o maior dos últimos oito anos.

Avaliação acontecerá em 123 municípios paulistas

 O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), nível fundamental, terá este ano um número de recorde de participantes no estado de São Paulo. No total, 138.090 inscritos devem fazer a prova que será realizada em 123 municípios do Estado. Só em unidades prisionais paulistas são 7.591 inscritos.

O exame é uma oportunidade para jovens e adultos, que por algum motivo interromperam os estudos, obterem o certificado de conclusão referente ao Ensino Fundamental. “É louvável ver esse grande número de jovens e adultos empenhados em dar prosseguimento aos seus estudos”, disse o Secretário de Estado da Educação Paulo Renato Souza.

A Secretaria de Estado da Educação disponibiliza em sua página na internet www.educacao.sp.gov.br  um link para acesso às informações sobre o Encceja, que é organizado pelo Ministério da Educação.

Preparação para o Encceja

No segundo semestre de 2009, a Secretaria de Estado da Educação iniciou reformulações na Educação de Jovens e Adultos que serão completamente implantadas até 2011. Dentre as mudanças, uma nova divisão para o conteúdo pedagógico, que tem como objetivo adequar o curso ao padrão das avaliações nacionais para jovens e adultos. A Secretaria também irá distribuir gratuitamente novos materiais para os mais de 300 mil alunos matriculados na modalidade. Os novos livros têm todo o conteúdo voltado para a matriz curricular exigida no Encceja.

“A intenção é que aluno de EJA na rede estadual esteja preparado para conseguir a certificação. É fundamental que o curso atenda aos padrões nacionais”, explica o secretário Paulo Renato Souza.

Somente no primeiro semestre de 2009, cerca de 130 mil pessoas concluíram os estudos por meio da EJA. No mesmo período, 460 mil alunos freqüentaram as aulas da modalidade, que é oferecida em aproximadamente 2.500 escolas da rede estadual de São Paulo.

Nº de inscritos por unidade prisional

1. Centro de Detenção Provisória/ CDP de São José do Rio Preto 1

2. CDP Sorocaba 101

3. CDP Americana 16

4. CDP Belém I + APP – São Paulo 12

5. CDP Diadema 1

6. CDP Franco da Rocha 1

7. CDP Parelheiros 81

8. CDP Piracicaba 7

9. Centro de Progressão Penitenciária/ CP P. Pacaembu 17

10. CP P. Valparaíso 24

11. CP P. Campinas 34

12. CP P. Franco da Rocha 27

13. CP P. Mongaguá 108

14. CP P. Tremembé 111

15. Centro de Ressocialização/ CR Araraquara 80

16. CR Atibaia 86

17. CR Feminino – Rio Claro 42

18. CR Feminino – São José do Rio Preto 64

19. CR Limeira 59

20. CR Lins 16

21. CR Marília 54

22. CR Masculino – Rio Claro 63

23. CR Mococa 53

24. CR Ourinhos 39

25. CR Piracicaba 10

26. CR Presidente Prudente 41

27. Centro de Readaptação Penitenciária e Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico/ CRP e HCTP – Taubaté 21

28. Hospital de Custódia de Franco da Rocha I 36

29. Hospital de Custódia de Franco da Rocha II 17

30. Instituto Penal Agrícola de Bauru 74

31. Instituto P. A. São José do Rio Preto 175

32. Penitenciária de Andradina 101

33. P. Araraquara 95

34. P. Assis 128

35. P. Avanhandava 79

36. P. Avaré II 60

37. P. Balbinos II 69

38. P. Bauru I 132

39. P. Bauru II 144

40. P. Butantan 74

41. P. Casa Branca 135

42. P. de Marília + Anexo 30

43. P. Dracena 50

44. Penitenciária Feminina/ P. F. Campinas 22

45. P. F. Capital-São Paulo 49

46. P. F. Sant’ana-São Paulo 5

47. P. F. Tremembé 28

48. P. Flórida Paulista 163

49. P. Franco da Rocha I 112

50. P. Franco da Rocha II 80

51. P. Franco da Rocha III 50

52. P. Getulina 140

53. P. Guareí I 51

54. P. Guareí II 81

55. P. Guarulhos I 76

56. P. Guarulhos II 36

57. P. Hortolândia I 23

58. P. Hortolândia II 50

59. P. Iaras 102

60. P. Iperó 135

61. P. Irapuru 81

62. P. Itaí 181

63. P. Itapetininga I 193

64. P. Itapetininga II 80

65. P. Itirapina I 93

66. P. Itirapina II 73

67. P. Junqueirópolis 77

68. P. Lavinia I 52

69. P. Lavinia II 62

70. P. Lavinia III 32

71. P. Marabá Paulista 157

72. P. Martinópolis 114

73. P. Mirandópolis I 42

74. P. Mirandópolis II 1

75. P. Oswaldo Cruz 188

76. P. Pacaembu 99

77. P. Paraguaçu Paulista 100

78. P. Pirajuí II 37

79. P. Pirajuí I 94

80. P. Pracinha 154

81. P. Presidente Bernardes 192

82. P Presidente Prudente 144

83. P. Presidente Venceslau I 20

84. P. Reginópolis I 133

85. P. Reginópolis II 105

86. P. Ribeirão Preto 137

87. P. Riolândia 114

88. P. São Vicente I 96

89. P. Serra Azul I 144

90. P. Serra Azul II 117

91. P. Sorocaba I 138

92. P. Sorocaba II 154

93. P. Tremembé I 66

94. P. Tremembé II 33

95. P. Tupi Paulista 109

96. P. “Valentim Alves da Silva” -Álvaro de Carvalho 173

97. P. Valparaíso 35