quinta-feira, 16/01/2003
Últimas Notícias

Febem afasta funcionários para apurar responsabilidades de rebeliões em Franco da Rocha

O presidente da Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor, promotor Paulo Sérgio de Oliveira e Costa, determinou hoje o afastamento de 34 funcionários da Unidade de Franco da Rocha que estavam de plantão quando ocorreram as rebeliões registradas entre os dias 9 e 12 de janeiro deste ano. A medida foi tomada para que a […]

O presidente da Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor, promotor Paulo Sérgio de Oliveira e Costa, determinou hoje o afastamento de 34 funcionários da Unidade de Franco da Rocha que estavam de plantão quando ocorreram as rebeliões registradas entre os dias 9 e 12 de janeiro deste ano. A medida foi tomada para que a comissão de sindicância possa averiguar com isenção indícios de envolvimento de funcionários na facilitação de rebeliões.

Outra medida tomada para solucionar os problemas de Franco da Rocha foi a transferência dos internos para outras unidades da capital e do interior. Nesta semana, 72 adolescentes da Unidade 31 já foram transferidos para outras unidades, permanecendo apenas 204 internos dentro da unidade. A intenção é que as unidades 30 e 31 sejam desativadas até o fim deste ano. “Vamos promover a desativação de maneira criteriosa, transferindo os adolescentes com planejamento e obedecendo a critérios como perfil e idade, e seguindo um cronograma para não provocar superlotação”, disse o presidente.