quinta-feira, 22/08/2019
Concursos

Inscrições abertas para o Concurso de Desenho “Lei Maria da Penha”

Concurso é promovido pela Educação e aceita obras até dia 30 de setembro

Como construir um futuro sem violência contra as mulheres e com conscientização de todos sobre o tema? Esta é a pergunta que deverá nortear a participação dos alunos da rede estadual no concurso de desenho “Lei Maria da Penha”, uma iniciativa da Secretaria da Educação em articulação com a Defensoria Pública do Estado de São Paulo.

Consulte o regulamento

O concurso é aberto a estudantes do Ensino Médio da rede. Para participarem, os jovens devem elaborar um desenho, que poderá ser desenvolvido com técnicas de pintura com lápis de cor, guache, hidrocor, aquarela, nanquim, crayon ou cera, a partir da discussão interdisciplinar proposta pelo professor orientador, em sala de aula.

O objetivo é ampliar o conhecimento da Lei Maria da Penha. “Queremos disseminar conhecimento, enraizando os fundamentos da lei nos estudantes e em toda a comunidade escolar, enfatizando a importância do engajamento coletivo na prevenção à violência e ao desrespeito contra a mulher”, conta a professora Cristina do Santos, de Taubaté.

A produção dos trabalhos deve ser feita individualmente, até o dia 30 de setembro. O diretor de cada escola formará uma comissão multidisciplinar de professores, sendo, pelo menos, um de Arte, para realizar a seleção de dois desenhos que representará a unidade escolar nas fases seguintes do Concurso. “Esperamos que o concurso promova um grande debate em toda a rede sobre a conscientização do tema, não apenas entre os estudantes, mas com todos”, pontua o secretário executivo Haroldo Rocha.

De 01 a 11/10, a diretoria de ensino deverá selecionar dois desenhos que representarão a DE nas fases subsequentes. No período de 26 a 30/10, uma comissão, composta por representantes e especialistas da Defensoria Pública e da Secretaria, selecionará os desenhos finalistas.

Os estudantes vencedores e seus professores orientadores receberão certificados. E o primeiro colocado terá o seu desenho ilustrando a capa da Cartilha Maria da Penha do Núcleo Especializado de Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres; e o segundo, a página interna. Também, todos os desenhos finalistas comporão uma mostra, na Defensoria Pública e em mostra virtual nos canais da Educação.