terça-feira, 18/06/2019
Governo

Educação de SP nomeia mais de 1,4 mil Agentes de Organização Escolar

Profissionais ajudam a controlar movimentação dos estudantes nas dependências das escolas

O Governo de São Paulo anuncia a nomeação de 1.495 Agentes de Organização Escolar (AOE), aprovados em concurso público, para atuarem nas escolas estaduais de São Paulo. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo (DOE) desta terça-feira (18).

Veja o D.O.E

Os candidatos agora precisam agendar o exame médico, e caso estejam aptos à função, já podem tomar posse e entrar em exercício.

Os agentes têm a responsabilidade de controlar a movimentação dos estudantes nas dependências da escola, auxiliar a manutenção da disciplina geral e contribuir com a gestão escolar na organização de atividades, como explica o secretário de educação Rossieli Soares: “Essa é uma função muito importante para o funcionamento de nossas escolas. A convocação é é um passo diante de uma grande caminhada que temos pela frente”.

Com a presença desses profissionais nas escolas, diretores, vices e coordenadores podem direcionar seu trabalho para questões pedagógicas e novos projetos nas escolas.

Na rede estadual, a remuneração do Agente de Organização Escolar é de R$ 1.005,79 (salário base), além de abono complementar de R$ 136,85, totalizando R$ 1.142,64 mensais. Participaram da seleção pública candidatos com idade mínima de 18 anos e nível médio completo.

O exame foi eliminatório, classificatório e composto de 80 questões de múltipla escolha de: língua portuguesa; raciocínio lógico e matemática; conhecimentos específicos; e informática. Os aprovados foram classificados por ordem decrescente da nota final, em lista de classificação por Diretoria Regional de Ensino e por Polo de Diretorias Regionais de Ensino.