quarta-feira, 03/08/2005
Últimas Notícias

Oficinas reúnem 4 mil alunos de escolas públicas no parque do Ibirapuera

Quatro mil alunos da rede pública participaram, nesta quarta-feira, 3 de agosto, no parque do Ibirapuera, em São Paulo, do evento de arte-educação promovido pela Secretaria de Estado da Educação, Secretaria Municipal da Educação e MAM (Museu de Arte Moderna). Além do lançamento do livro “Pensar e Fazer Arte”, da dinamarquesa Anna Marie Holm, o […]

Quatro mil alunos da rede pública participaram, nesta quarta-feira, 3 de agosto, no parque do Ibirapuera, em São Paulo, do evento de arte-educação promovido pela Secretaria de Estado da Educação, Secretaria Municipal da Educação e MAM (Museu de Arte Moderna). Além do lançamento do livro “Pensar e Fazer Arte”, da dinamarquesa Anna Marie Holm, o evento contou com seis oficinas de arte adaptadas da publicação. A autora é considerada uma das arte-educadoras mais respeitadas do mundo.

Os alunos chegaram ao parque por volta das 9h30 da manhã e já começaram a se dividir pelas oficinas, que foram coordenadas por 18 arte-educadores do MAM e 100 estudantes voluntários de faculdades de artes plásticas paulistanas, entre elas Belas Artes, Faap, São Judas Tadeu, Santa Marcelina, Unesp e PUC/SP.

O secretário de Estado da Educação, professor Gabriel Chalita, o secretário Municipal da Educação, José Pinotti, Milú Villela, presidente do MAM, a autora Anna Marie Holm, entre outras autoridades estiveram presentes ao evento. “A arte ajuda a criança e o adolescente a ter um olhar diferente para o mundo. Um livro como este ajuda a formar pessoas plenas, cheias de vida. É um grande passo para ajudar na formação de alunos e educadores”, disse Gabriel Chalita.

A estudante da Escola Estadual Padre Manoel de Paiva, em São Paulo, adorou a experiência das oficinas de arte. Ela nunca tinha ao parque do Ibirapuera. “Estou aprendendo muitas coisas novas e interessantes. É muito legal”, afirmou a aluna da sétima série.

Os alunos da Escola Estadual José Lins do Rego, no Jardim Ângela, em São Paulo, também participaram das oficinas e ainda marcaram presença no jornal Bom Dia São Paulo, da TV Globo, falando da importância da arte na escola e na vida.

O livro

“Fazer e Pensar Arte” está sendo lançado em primeira edição em português. No livro, a educadora dinamarquesa relata experiências de arte-educação com crianças na Europa, realizadas a partir de obras de arte de artistas contemporâneos, incluindo a brasileira Leda Catunda.

No ano passado, Anna Marie fez uma palestra no fim da exposição “Escola com arte – Uma experiência nos fins de semana”, organizada pelo MAM de 29 de outubro a 5 de dezembro, sob curadoria de Bené Fonteles e concepção educativa de Nair Kremer.

A exposição mostrou trabalhos desenvolvidos por alunos e outros participantes do Projeto Ávida – Arte como Educação, realizado dentro do programa Escola da Família, da Secretaria de Estado da Educação, que abre as escolas estaduais à comunidade nos finais de semana. O projeto foi desenvolvido em onze escolas da região do Jardim Miriam, na capital, em parceria com o Faça Parte – Instituto Brasil Voluntário. Pela primeira vez, alunos de escolas públicas puderam mostrar trabalhos num espaço como o MAM. A exposição foi visitada por 22 mil freqüentadores do Escola da Família em 550 escolas estaduais.

Adriana Cardillo