sexta-feira, 17/06/2005
Últimas Notícias

Opinião dos jovens ganha mais espaços nas Escolas Estaduais

Esta é uma das metas do Programa SuperAção Jovem, do Instituto Ayrton Senna, desenvolvido em parceria com a Secretaria de Estado da Educação “Colocar os jovens na linha de largada e equipá-los com o melhor carro para que eles pilotem suas vidas e se transformem em verdadeiros campeões.” Foi assim que Viviane Senna, presidente do […]

Esta é uma das metas do Programa SuperAção Jovem, do Instituto Ayrton Senna, desenvolvido em parceria com a Secretaria de Estado da Educação

“Colocar os jovens na linha de largada e equipá-los com o melhor carro para que eles pilotem suas vidas e se transformem em verdadeiros campeões.” Foi assim que Viviane Senna, presidente do Instituto Ayrton Senna e irmã do ídolo da Fórmula 1 deu a partida na Teleconferência “Grande Encontro de Decisores do Programa SuperAção Jovem”, parceria do Instituto com a Secretaria de Estado da Educação.

O evento reuniu cerca de 2.500 pessoas entre dirigentes de ensino, diretores de escola, supervisores, assistentes técnico-pedagógicos e estudantes, no Espaço Ferrovia, na Mooca, zona leste da Capital.

APRENDER FAZENDO

“Quando enxergamos o jovem como alguém que tem o poder de resolver um problema, e não como o problema, ele faz a sua parte, ou seja, aprende fazendo”, disse o secretário de Estado da Educação, Gabriel Chalita, ao falar sobre o programa que hoje está presente em 2.230 escolas públicas do Estado, atendendo mais de 100 mil jovens.

“A gente queria um instituto que visse o jovem como protagonista”, disse Chalita, comentando a parceria com a entidade presidida por Viviane Senna. E lembrou que é preciso envolvimento. “Tem gente que nunca entrou numa escola pública e só critica. Já outros vestem a camisa e se transformam em parceiros essenciais para o sucesso das ações.”

PARTICIPAÇÃO

Para o presidente do Instituto Vivo, João Luis Barroso, um dos parceiros da iniciativa, é preciso fazer mais do que pagar impostos e oferecer produtos. “Vamos conseguir tirar os jovens da violência e dos maus hábitos. E assim, criar uma sociedade melhor.” Já o representante do Grupo de Líderes Empresariais pelo Desenvolvimento Humano, Sérgio Rodrigues, outro parceiro do Programa, foi além. “Nós, empresários, temos que nos mobilizar para estreitar a distância entre o poderio econômico e a condição social em que o País vive.”

O governador Geraldo Alckmin, que também participou da teleconferência, deixa claro que as parcerias são fundamentais no desenvolvimento de projetos. “Nós precisamos estimular o caminho para a chegada de novos colaboradores. A experiência do SuperAção vai trazer o sentido de responsabilidade. Vai fazer a diferença na escola pública de São Paulo, uma questão essencial, de participação, de responsabilidade, de escola criativa, de outras experiências.”

COM A PALAVRA, OS JOVENS

Durante o evento, 11 jovens dos Times de Mobilização do SuperAção, falaram da experiência que vivem para resolver problemas da comunidade e da própria escola em que vivem. “A vida nos oferece muitas possibilidades, e devemos aproveitá-las com muito amor. Para fazer grandes coisas, é preciso realizar as pequenas”.

O QUE É O PROGRAMA SuperAção JOVEM

O SuperAção Jovem, desenvolvido pelo Instituto Ayrton Senna em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, reúne e orienta alunos de 14 a 18 anos, para que se organizem em grupos, escolham um problema na escola ou na comunidade, e criem estratégias para resolvê-lo, executando uma ação real. O SuperAção faz parte do Programa Escola da Família. O Instituto Ayrton Senna também desenvolve este projeto no Distrito Federal, Pará, Mato Grosso do Sul, Ceará, na Bahia e em Santa Catarina.

Celso Bandarra

Fotos: Laércio Marmo