terça-feira, 06/10/2009
Últimas Notícias

Professor da rede vai lecionar português na Cidade do México

?Educador foi escolhido pelo MEC para atuar na formação de professores, depois de ser consagrado pelo trabalho realizado no Timor Leste Rodrigo Florêncio da Silva ingressou como professor temporário na rede pública do estado de São Paulo em 2002, aos 19 anos, para lecionar português, inglês e espanhol em escolas de Guarulhos, na Grande São […]

?Educador foi escolhido pelo MEC para atuar na formação de professores, depois de ser consagrado pelo trabalho realizado no Timor Leste

Rodrigo Florêncio da Silva ingressou como professor temporário na rede pública do estado de São Paulo em 2002, aos 19 anos, para lecionar português, inglês e espanhol em escolas de Guarulhos, na Grande São Paulo. Hoje, com 26 anos, diz que na época nem imaginava o que lhe proporcionaria a experiência adquirida na rede estadual, quando atuou em programas como Centro de Estudos de Línguas (CEL), Educação para Jovens e Adultos (EJA) e Escola de Integral, até meados de 2008.

Rodrigo foi um dos 50 brasileiros, entre 20 mil inscritos, escolhidos em julho de 2008, pelo Ministério da Educação, para trabalhar na formação de professores em língua portuguesa no Timor Leste. O trabalho em Timor durou um ano, mas sua permanência no país já está novamente com os dias contados. No próximo dia 7 de outubro, ele embarca para Cidade do México, rumo ao Instituto Politécnico Nacional, onde irá trabalhar no Centro de Cultura e Literatura da Língua Portuguesa, também com a formação de professores.

“Muito do trabalho que desenvolvi na rede estadual levei para a sala de aula em Timor, adaptando para a realidade local. Levarei essa mesma base para a Cidade do México”, salienta Rodrigo, que deve passar cerca de dois anos em Cidade do México.