sexta-feira, 26/11/2021
Notícia

Secretária Executiva Renilda Peres marca presença em 2º dia do Fórum Estadual da Undime SP

Nesta edição, a garantia da qualidade no aprendizado em um novo tempo na Educação foi tema de discussão

A Secretária Executiva da Educação do Estado de São Paulo Renilda Peres realizou, nesta quinta-feira (25), a abertura do 2° dia do 30⁰ Fórum Estadual da Undime SP, em Atibaia. Durante a conferência, os convidados puderam acompanhar uma breve apresentação sobre o Plano de Ações Integradas (PAINSP), novo formato de parceria com os municípios para tornar a transferência de recursos técnicos, materiais e financeiros mais ágil e desburocratizada.

De acordo com Renilda Peres, para garantir a qualidade do ensino num momento pós-pandemia, é preciso exercitar o regime de colaboração, que vai desde compartilhamento de currículo, formação, disponibilização de material, assim como o apoio tanto para a rede estadual quanto para a rede municipal. “Estamos lançando o PAINSP para elaborar um plano integrado onde é possível trabalhar em todos os eixos, assim garantindo que professores, gestores e toda comunidade tenha todas as condições necessárias para trabalhar na recuperação do déficit na educação causado pela pandemia”, explicou.

Após um ano de espera e adiamento por conta da pandemia, o Fórum acontece num momento importante no qual a educação aponta para o caminho da esperança, de acordo com Márcia Bernardes, presidente da Undime SP, que reforçou a palavra de ordem do evento durante sua fala: “Esperançar também será o foco do Fórum. Em regime de colaboração e união, vamos dialogar e apresentar propostas para que a Educação seja, de fato, o caminho da esperança e de um mundo melhor, sem diferenças e com equidade que tanto destacamos”.

Na ocasião, Renilda e a equipe da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) realizaram atendimento exclusivo a Dirigentes Municipais de Ensino de cidades associadas a Undime SP, para esclarecimento de dúvidas ao processo de adesão desta parceria entre município e Estado, como os municípios devem inserir as demandas no site, como fazer o acompanhamento do processo, entre outras questões.

Os municípios que desejarem participar do PAINSP poderão manifestar o interesse e aderir ao Plano através do Sistema Demandas do Programa SP Sem Papel. A adesão é feita por eixos e cada um conterá um conjunto de ações a serem disponibilizadas pela Secretaria, entre as quais os municípios poderão selecionar para compor o seu plano de ação.

O primeiro eixo do PAINSP disponibilizado no sistema para cadastro de ações é o de infraestrutura física, que conterá ações como ampliação de escolas e creches, construção de escolas e creches, cobertura de quadras e elétrica para climatização de escolas e creches.