sexta-feira, 01/03/2019
Agenda do secretário

SP lança programa de ensino técnico profissionalizante

Com o Novotec, estudantes do Ensino Médio da rede terão a oportunidade de obterem qualificação técnica

Nesta sexta-feira (1º), o Governo do Estado de São Paulo anunciou o programa Novotec, que dará oportunidade aos alunos do Ensino Médio da rede de cursarem simultaneamente ensino técnico profissionalizante. Com essa medida, o jovem poderá concluir o Ensino Básico com dois diplomas.

A iniciativa será realizada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico através do Centro Paula Souza, entidade responsável pelas Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do Estado de São Paulo.

“O objetivo desse programa é levar essa educação de excelência do Centro Paula Souza à rede estadual de ensino através de cursos técnicos integrados com o Ensino Médio regular”, afirmou o Governador João Doria durante coletiva de imprensa.

O Novotec oferecerá cursos de acordo com a demanda dos jovens e do mercado de trabalho, que dará oportunidade de profissionalização mais rápida e mão de obra qualificada. A grade contará com 6 aulas por dia e possibilitará aos alunos um período para trabalhar ou estagiar.

“Educação técnica sempre foi um dos pilaras de discussão a ser oferecido no Ensino Médio. Essa parceria da rede estadual com o Centro Paula Souza também ajudará a formar os nossos professores e a discussão do novo Currículo”, declarou o secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares.

O programa prevê o compartilhamento da infraestrutura e talentos já existentes, utilizando escolas e professores da rede estadual e do Centro Paula Souza para trabalharem conteúdos de forma integrada.

“Além de levar algum tipo de qualificação técnica profissionalizante, os estudantes do Ensino Médio poderão ter uma aproximação maior com o mercado de trabalho”, reiterou Patrícia Ellen, secretária de Estado de Desenvolvimento Econômico.

Só neste ano serão oferecidas 5,4 mil vagas em 6 aulas diárias, sendo 400 em escolas da rede estadual e o restante nas Etecs. Ao todo, 36 municípios estão recebendo turmas do Novotec na modalidade integrada. Entre os oito cursos oferecidos estão Desenvolvimento de Sistemas, Comunicação Visual e Cozinha.

“É fundamental ampliarmos a oportunidade do jovem no mundo do trabalho. Esse projeto também representa o protagonismo de São Paulo na implementação do novo modelo do Ensino Médio no país”, finalizou Laura Laganá, diretora-superintendente do Centro Paula Souza.

Outras modalidades

Além da modalidade integrada, o programa prevê outras três de curta-duração: Novotec Expresso, Novotec Móvel e o Novotec Virtual. Ao todo, serão mais de 30 mil vagas em 2019 nas quatro modalidades.

No Novotec Expresso, serão oferecidos cursos de curta duração (200 horas) para qualificação profissional em escolas estaduais e laboratórios das Etecs. Em 2019, serão oferecidas 23 mil vagas, em cerca de 600 turmas, espalhadas por 44 municípios, com início previsto para agosto. Entre eles estão: Técnicas em Vendas, Gestão de Pequenos Negócios, Programação, Marketing Digital, Manutenção de Computadores, etc.

Também com 200 horas, o Novotec Móvel contará com cursos para qualificação profissional realizados em unidade móvel (carreta). Em 2019, serão disponibilizadas cerca de 1,5 mil vagas com início previsto para agosto. Alguns dos cursos são Automação industrial, Metrologia, Petróleo e Gás, entre outros.

Já no Novotec Vitural serão cursos técnicos com 200 e 400 horas de duração utilizando a estrutura de ensino à distância da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP), com conteúdo do Centro Paula Souza. Em 2019, serão disponibilizadas 3.000 vagas com previsão de início para agosto. Exemplos de cursos: Administração, Guia de Turismo, Desenvolvimento de Sistemas e outros.