domingo, 04/10/2020
Pais e Alunos

.

A partir de amanhã (7) unidades de ensino médio e EJA poderão retornar nos municípios autorizados

A partir de manhã (7), está liberada a volta às aulas opcional para escolas estaduais de ensino médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Nas escolas que atendem alunos do ensino fundamental, a data prevista é 3 de novembro, porém desde 8 de setembro essas unidades estão liberadas para receber alunos para acolhimento e aulas de reforço.

Tanto o calendário de retomada presencial como a realização de atividades de reforço nas escolas municipais, estaduais e privadas dependem da autorização de cada prefeitura. As unidades ainda devem apresentar planos de retomada à Secretaria da Educação e às Diretorias Regionais de Ensino. Estudantes e profissionais com doenças crônicas ou fatores de risco devem permanecer em casa, cumprindo atividades remotas.

A reabertura deve respeitar limites máximos de alunos e protocolos sanitários. Nas redes privadas e municipais, a educação infantil e os anos iniciais do ensino fundamental podem ter até 35% dos alunos por dia em atividades presenciais. Para os anos finais dos ensinos fundamental e médio, o limite máximo é de 20%. Na rede estadual, só é permitido o atendimento de até 20% em todas as etapas. As unidades que não optarem ou não forem autorizadas a abrirem deverão permanecer com ensino à distância. O ensino híbrido será a dotado para as escolas que retornarem.

Para a volta gradual às aulas, o estado disponibilizou R$ 50 milhões por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola para aquisição de materiais de higiene e adaptação de banheiros. Para garantir a segurança da comunidade escolar na rede estadual, a Secretaria da Educação vai distribuir 12 milhões de máscaras de tecido, 300 protetores faciais de acrílico, 10.168 termômetros a laser, 10 mil totens de álcool em gel, 221 mil litros de sabonete líquido, 78 milhões de copos descartáveis, 112 mil litros de álcool em gel e 100 milhões de unidades de papel toalha.