terça-feira, 29/01/2019
Notícia

#VoltaÀsaulas: Detran.SP ressalta alguns cuidados para o transporte dos alunos

É importante que os responsáveis se atentem às normas de trânsito durante o trajeto entre a casa e a escola

Com as férias escolares quase no fim, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) alerta sobre a importância do transporte correto e seguro dos alunos. Para isso, a instituição separou algumas dicas. Confira: 

Veículo 

Ao transportar crianças em veículos, os responsáveis devem estar atentos ao uso da cadeirinha, que conta com um modelo diferente para cada faixa etária. 

  • 0 até 1 ano de idade – bebê conforto ou conversível, que deve ser instalado de costas para o movimento do carro. O equipamento é fixado por meio do cinto de segurança do banco traseiro e a criança fica presa às alças do bebê conforto; 
  • 1,1 a 4 anos – “cadeirinha” em que a criança fica sentada para frente, como os demais ocupantes do veículo. O pequeno também fica preso por meio das tiras de retenção do equipamento (sistema de cinco pontos); 
  • 4,1 a 7,5 anos – assento de elevação para que a criança seja presa ao cinto de segurança do próprio veículo; 
  • 7,6 a 10 anos – ser transportada apenas no banco traseiro, sem auxílio de equipamento, diretamente com o cinto do assento do veículo. 

Itinerário a pé 

Mesmo para os pedestres as regras de segurança são sempre válidas: 

  • Ao atravessar a via com crianças pequenas, sempre as segure pelo punho – assim não há perigo de que elas se soltem e saiam correndo por aí; 
  • Atravesse sempre na faixa e somente quando o sinal de pedestres estiver verde; 
  • Não atravesse entre os carros parados, mesmo que o sinal esteja fechado; 
  • Preste bastante atenção ao atravessar a via em faixas exclusivas para ônibus; e, ao atravessar em ciclofaixa, verifique se não há ciclistas por perto; 
  • Ao descer do ônibus, espere na calçada. Não é seguro atravessar nem por trás nem pela frente do veículo. Deixe que ele siga, para que você tenha uma boa visão da rua. Outra dica: jamais desça fora do ponto.