Educação paulista encerra o ano com importante pacote de ações para 2013

20120925_headers_template_620

O governo de São Paulo chega ao final de 2012 com o lançamento de um pacote de importantes medidas para a Educação paulista. As novas ações contemplam desde a expansão do novo modelo de Escola de Tempo Integral, aumento de gratificação para professores que atuam no programa, construção de novas creches, além da nomeação de mais de 10 mil professores.

Em evento realizado no Palácio dos Bandeirantes, na tarde desta sexta-feira, 28 de dezembro, o governador Geraldo Alckmin e o secretário-adjunto da Educação, João Cardoso Palma Filho, anunciaram ainda um investimento de mais de R$ 13 milhões para a criação de mais de 2 mil vagas na rede estadual de ensino paulista.

"Com o apoio às prefeituras para a construção das creches, universalizamos a educação no estado de São Paulo. Agora, vamos trabalhar para melhorar mais a qualidade do ensino em todos os níveis", comenta o Governador Geraldo Alckmin. 

Confira o álbum de fotos com importantes momentos de 2012.

Expansão

O novo modelo de Escola de Tempo Integral – que já apresenta impacto extremamente positivo no aprendizado - será expandido para os anos finais do Ensino Fundamental. Além disso, os professores que atuam em regime de dedicação exclusiva ao programa terão um aumento de 50% para 75% sobre seus vencimentos.

Pais revelam como Ensino Integral mudou o comportamento dos filhos

“Valorizar a carreira do professor é um dos principais pilares do programa Educação – Compromisso de São Paulo. O objetivo é transformar o magistério em uma profissão atrativa para os jovens”, explica Palma Filho.

Alunos do Ensino Integral já colhem os frutos da jornada ampliada de estudos

O novo ensino integral, que teve início neste ano em 16 escolas de Ensino Médio, será ampliado em 2013 para outras 53 unidades, inclusive nos anos finais (6º ao 9º ano) do Ensino Fundamental. Os resultados da Avaliação diagnóstica realizada nos meses de março e setembro deste ano pela Secretaria da Educação nas escolas em que o programa foi implantado mostra que o modelo teve importante impacto no aprendizado dos alunos.

Saiba quais escolas terão o modelo em 2013

Mais creches

Mais 26 municípios paulistas ganharão com a construção de novas creches. Com um investimento de R$ 42,5 milhões, serão geradas 3.420 vagas. A ação é parte do programa Creche-Escola, que somente neste ano já firmou convênios com 154 prefeituras para a construção de 156 creches. Lançado em setembro de 2011 pelo Governo do Estado, o programa prevê o investimento de R$ 1 bilhão ao longo de quatro anos.


Mais escolas

A construção de novas unidades contará com um investimento superior a R$ 13 milhões. Serão mais de 2 mil vagas na rede estadual de ensino paulista. Apenas neste ano, já foram investidos mais de R$ 104,9 milhões na construção de escolas por todo o Estado e com o aumento do número de unidades foi possível criar 30.870 vagas.

Governo do Estado investe R$ 40 milhões na construção de 20 creches na capital

Mais professores

Mais 10.360 professores foram nomeados nesta sexta-feira para o ingresso na rede estadual de ensino a partir do próximo ano. Desses, 2.381 são para escolas da Região Metropolitana da capital e 7.979 para unidades do interior. Desde janeiro de 2011, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo já havia nomeado cerca de 23 mil docentes do certame realizado em março de 2010.