Escola de Formação de Professores recebe o nome de Paulo Renato Souza

O ex-secretário idealizou o centro em 2009 com o objetivo de promover o aperfeiçoamento e a formação continuada do corpo docente da rede estadual de ensino

O governador Geraldo Alckmin descerrou a nova placa do prédio da Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Professores, no bairro de Perdizes, em São Paulo, para dar à instituição o nome do ex-secretário e ex-ministro da Educação Paulo Renato Souza, falecido em junho deste ano. O ex-secretário idealizou o centro em 2009 com o objetivo de promover o aperfeiçoamento e a formação continuada do corpo docente da rede estadual de ensino.

Paulo Renato Souza foi ministro da Educação durante o governo do presidente Fernando Henrique Cardoso e secretário da Educação do Estado de São Paulo no governo José Serra, entre 2009 e 2010, e no governo Franco Montoro, entre 1984 e 1986.

O ex-ministro foi um dos fundadores do PSDB e também responsável pela criação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) enquanto esteve à frente do Ministério da Educação. Também foi em sua gestão que nasceu o Bolsa Escola, transformado no atual Bolsa Família.

Formado em economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, mestre pela Universidade do Chile e doutor pela Unicamp, na qual tornou-se professor do Instituto de Economia e também reitor, na década de 80, Paulo Renato ministrou cursos na Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade do Chile, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Universidade Católica do Chile.

O ex-ministro também ocupou cargos importantes no exterior. Foi especialista das Nações Unidas em questões de empregos e salários e vice-presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento, em Washington. Paulo Renato escreveu diversos artigos e livros sobre educação e economia como A Revolução Gerenciada e O que são empregos e salários.

Paulo Renato nasceu em Porto Alegre e morreu em São Roque, SP, onde passava o feriado de Corpus Christi.