12/06/17

Escola do interior paulista muda hábitos alimentares dos estudantes da unidade

Categoria

Projeto Alimentação e Saúde visa que as crianças e adolescentes se desenvolvam física e mentalmente

O Projeto Alimentação e Saúde é desenvolvido na E.E. Prof. Rogério Lázaro Toccheton, em Itu, desde 2003, e teve início nas aulas de Educação Física, com a professora da disciplina na época, Milva Regina Guarnieri Savi - que hoje é Professora Coordenadora do Ensino Médio -, se estendendo, posteriormente, para todas as outras disciplinas. 

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

A PC esclarece “que a partir de 2017 o projeto começou mais cedo (em março) e se tornou permanente na escola. Neste ano, a iniciativa irá se estender até o segundo semestre, quando se comemora o Dia da Alimentação Saudável, em 16 de outubro”. Segundo Milva Regina, o objetivo é orientar os alunos para que promovam hábitos alimentares saudáveis, controle do peso e práticas regulares de atividades físicas, como prevenção aos problemas de saúde.

Cabe à escola em questão o papel de ensinar a importância dos alimentos para a saúde e orientar as crianças e adolescentes sobre o consumo de alimentos inadequados, além do oferecimento de uma merenda e uma cantina escolar com opções saudáveis, adequadas e que não contribuam para a obesidade infanto-juvenil.

Sobre a cantina, a professora coordenadora enfatiza que foi a parte mais difícil de todo o processo, pois os alunos mantiveram o hábito de comprar frituras, doces e produtos industrializados. Milva Regina conta que, ao diagnosticarem o problema, a escola implantou a adoção do cardápio saudável da cantina escolar, de acordo com a Portaria Conjunta COGSP/CEI/DSE de 23 de março de 2005, da Secretaria Estadual da Educação do Estado de São Paulo.

Neste ano de 2017, sob a orientação das Professoras Coordenadoras do Ensino Médio e Fundamental, o Projeto teve início no mês de março, onde foram realizadas diversas atividades sobre os temas alimentação saudável, higiene e prática regular de atividades físicas. Os alunos apresentaram nas mais variadas formas suas pesquisas, estudos e vivências.

O Alimentação e Saúde é subdividido em várias frentes: Projeto Master Chef, Seminários, Palestras apresentadas pelo Ensino Médio para os alunos do Ensino Fundamental, Exposição de Trabalhos, Atividades Físicas Recreativas e Esportivas, Avalição Biométrica e IMC e, por fim, a Pirâmide Alimentar.

O adiantamento do trabalho, que antes era realizado somente em outubro, se deu pela quantidade de alunos novos que a escola recebeu esse ano. Esses alunos ainda não estavam habituados com os costumes alimentares que a escola fortalece a cada ano. No entanto, Milva Regina enfatiza que em poucas semanas eles já deixaram claro que prestaram atenção ao que lhes foi ensinado. “Assim que fizemos o projeto os novos alunos se adequaram aos novos hábitos alimentares que a escola promove. Em 15 dias a gente já notou diferença, até mesmo pelos lanches que eles trazem de casa”, relata a coordenadora pedagógica.

Metas a serem alcançadas

O corpo docente da escola Prof. Rogério Lázaro Toccheton visa, com a iniciativa, que as crianças e adolescentes se desenvolvam física e mentalmente e que adquiram hábitos de higiene alimentar. Com isso, é possível prevenir problemas de saúde como obesidade, anorexia, bulimia e vigorexia.

O programa Alimentação e Saúde auxilia que os estudantes da unidade obtenham melhor qualidade de vida e diminuam a taxa do sedentarismo entre crianças, jovens e adultos. Dessa forma é possível conscientizar não somente os alunos e as alunas, mas toda a comunidade escolar sobre o tema desenvolvido.

A prática também ajuda no desenvolvimento pedagógico, levando ao melhor rendimento escolar, uma vez que coopera para a maior atenção e concentração em sala de aula, na diminuição de lesões nas práticas esportivas na escola (pois um aluno saudável tende a faltar menos), e faz com que as crianças a adolescentes participem mais dos outros projetos desenvolvidos na escola.

Além disso, a nova rotina fez até mesmo que os alimentos disponibilizados na cantina sofressem alterações. Agora, os alunos sempre têm a opção de comprar produtos mais saudáveis.

  • Foto: Divulgação

    Download

    Projeto Alimentação e Saúde, desenvolvido com alunos da E E Prof. Rogério Lázaro Toccheton, em Itu

  • Foto: Divulgação

    Download

    Projeto Alimentação e Saúde, desenvolvido com alunos da E E Prof. Rogério Lázaro Toccheton, em Itu

  • Foto: Divulgação

    Download

    Projeto Alimentação e Saúde, desenvolvido com alunos da E E Prof. Rogério Lázaro Toccheton, em Itu

  • Foto: Divulgação

    Download

    Projeto Alimentação e Saúde, desenvolvido com alunos da E E Prof. Rogério Lázaro Toccheton, em Itu

  • Foto: Divulgação

    Download

    Projeto Alimentação e Saúde, desenvolvido com alunos da E E Prof. Rogério Lázaro Toccheton, em Itu

  • Foto: Divulgação

    Download

    Projeto Alimentação e Saúde, desenvolvido com alunos da E E Prof. Rogério Lázaro Toccheton, em Itu

  • Foto: Divulgação

    Download

    Projeto Alimentação e Saúde, desenvolvido com alunos da E E Prof. Rogério Lázaro Toccheton, em Itu

  • Foto: Divulgação

    Download

    Projeto Alimentação e Saúde, desenvolvido com alunos da E E Prof. Rogério Lázaro Toccheton, em Itu

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Aliquid fuga?