sexta-feira, 05/08/2005
Últimas Notícias

Adolescente é responsável pela sala de informática da Escola Estadual Antonio Caio Itapira

“A arte mais difícil, e simultaneamente mais útil é a de saber educar”. Inspirado na frase da artista italiana Simoneta Persichetti, Cristiano de Angelis, de 16 anos, ganhou uma responsabilidade e tanto: ele é o monitor da Sala Ambiente de Informática (SAI) da Escola Estadual Antonio Caio Itapira, da Diretoria de Ensino de Mogi Mirim. […]

“A arte mais difícil, e simultaneamente mais útil é a de saber educar”. Inspirado na frase da artista italiana Simoneta Persichetti, Cristiano de Angelis, de 16 anos, ganhou uma responsabilidade e tanto: ele é o monitor da Sala Ambiente de Informática (SAI) da Escola Estadual Antonio Caio Itapira, da Diretoria de Ensino de Mogi Mirim.

O aluno foi convidado para a tarefa por ter se destacado no curso oferecido pelo núcleo regional de tecnologia educacional da diretoria de ensino. Com o apoio e supervisão dele, os professores estão desenvolvendo diversos trabalhos de interação na sala de informática.

Uma das iniciativas de Cristiano é o “Projeto Consciência Verde e Saúde” que desenvolveu para recuperar a utilidade de extensa área verde da escola que não tinha qualquer atividade. Na sala de informática, os alunos pesquisam temas de meio ambiente que servem como subsídios para dar vida ao projeto e colocá-lo em prática.

Para Cristiano, cuidar da sala ambiente é uma tarefa de grande empenho e muita responsabilidade. “Completei um ano como monitor da SAI e, apesar de não ser remunerado, afirmo sempre que sou recompensado de outras maneiras. O reconhecimento e apoio do grupo escolar e de alunos são muito importantes.

Ronaldo Tenório