quinta-feira, 14/05/2015
Pais e Alunos

Alunos da rede podem participar de intercâmbio cultural nos Estados Unidos

As inscrições para o programa Jovens Embaixadores 2016 estão abertas até o dia 9 de agosto

Estudantes da rede estadual de ensino de 15 a 18 anos com perfil de liderança, que tenham ótimo desempenho escolar, conhecimento da língua inglesa e que já fizeram algum trabalho voluntário, de pelo menos um ano, podem se inscrever no programa Jovens Embaixadores 2016. As inscrições vão até 9 de agosto e a viagem acontecerá em janeiro de 2016. Os interessados devem realizar a inscrição aqui.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Na primeira semana de viagem, os estudantes visitam Washington e os principais monumentos. Os jovens participarão também de reuniões em organizações públicas e privadas e de um curso sobre liderança e empreendedorismo jovem. Em seguida, os alunos conhecerão outros estados norte-americanos e ficarão hospedados em casas de famílias voluntárias.

Criada em 2002, a iniciativa é da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e serão selecionados 50 jovens para o intercâmbio de três semanas nos Estados Unidos. A Embaixada irá realizar um Google Hangout no dia 4 de maio, às 14h, que contará com a participação de Jovens Embaixadores de edições anteriores, junto com a coordenadora do programa. 

“A Secretaria realiza diversos programas para ampliar as oportunidades de aprendizado de novos idiomas para nossos alunos. Além dos cursos online, gratuitos e abertos 24 horas por dia por meio da nossa plataforma virtual, também oferecemos aulas de inglês, espanhol, alemão, italiano, francês, japonês e mandarim nos nossos 223 Centros de Ensino de Línguas (CELs)”, ressalta o secretário da Educação, professor Herman Voorwald.

Intercâmbio na Europa

No final do ano passado, 219 alunos da rede estadual embarcaram para a Europa para realizar um intercâmbio estudantil. Os estudantes participaram de cursos intensivos de idiomas na Espanha, França e Inglaterra a fim de aprimorarem a bagagem cultural. Matriculados nos Centros de Estudos de Línguas, os jovens concorreram à viagem com outros 5 mil estudantes.