quarta-feira, 06/01/2016
Professores e Funcionários

Atribuição de aulas para professores estaduais começa no dia 1º de fevereiro

Processo é aberto a docentes efetivos e temporários, previamente inscritos no sistema da Educação

A Educação definiu para os dias 1º a 5 de fevereiro o processo de atribuição de aulas dos professores da rede.  Os docentes efetivos e temporários, previamente inscritos no sistema GDAE, poderão definir a carga horária para o ano letivo de 2016, prazo válido para todo o Estado. O calendário está publicado na edição de 5 de janeiro do Diário Oficial.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

No próximo dia 1º, o docente titular do cargo deve se dirigir à escola e definir as classes/aulas. A primeira é realizada nas próprias unidades de ensino. Nessa data é possível compor, ampliar e ainda estabelecer a carga suplementar. A partir de 2 de fevereiro, a escolha é feita nas Diretorias de Ensino e é direcionada aqueles que não completaram a jornada em uma única escola e aos demais funcionários do quadro do magistério.

No período da atribuição de aulas, a Educação também define a carga dos professores que atuam em projetos, tais como: sistema prisional, Fundação Casa, Centro de Estudos de Educação de Jovens e Adultos (CEEJA); Centros de Estudos de Línguas (CEL) e Salas de Leitura. A Educação mantém no ar uma página exclusiva, com as principais dúvidas dos docentes. Clique aqui

Volta às aulas em SP

O retorno às salas de aula de alunos e professores está marcado para 15 de fevereiro. O calendário garante o cumprimento dos 200 dias letivos estipulados pela Lei de Diretrizes de Bases da Educação. Até a data, as unidades permanecem abertas, em horário comercial, para matrícula de novos estudantes e transferência.